Será que a lua influencia a gravidez?

A crença de que a lua influencia a gravidez é um fenómeno que tem atravessado vários séculos, através das crenças populares. O impacto das mudanças lunares na gestação e no parto fazem parte das conversas das gestantes. Sabe se realmente a lua influencia a gestação?

Se quer saber mais sobre esta questão, não deixe de ler este artigo do Bebé a Bordo.

Muitas coisas inexplicáveis (ou ainda sem explicação concreta) fazem parte do quotidiano da gestante.

São, por exemplo, muitas as gestantes que dizem “sonhar com gravidez” ou saber o sexo do bebé antes de este ser confirmado.

Algumas crenças populares acreditam ainda que é possível saber o sexo do bebé com base no formato da barriga ou da manifestação de sintomas da futura mãe.

Uma das crenças que se tem vindo a manifestar e a propagar ao longo do tempo é a de que as mudanças lunares têm um contributo direto para a gestação, afetando a data da hora H.

Na verdade, os ciclos lunares estão, desde sempre, também muito relacionados com o ciclo ovulatório feminino, sendo que ambos cumprem – assumindo a regularidade do ciclo da mulher – um período de 28 dias.

Independentemente de se tratar de um mito ou de uma realidade, a verdade é que muitas mulheres tentam calcular o nascimento da criança com base na lua, sendo que se crê que nasçam mais crianças durante as luas cheias.

Hoje, iremos debruçar-nos sobre esta crença para tentarmos compreender se a lua influencia a gravidez e qual é a opinião dos especialistas e da ciência sobre este fenómeno.

Se quer saber se a lua influencia a gravidez, encontrou o artigo certo para si.

lua influencia a gravidez

1. Influência da lua na gravidez: será mito ou verdade?

A influência da lua na gravidez é uma teoria que carece de bases científicas, muito em parte porque os estudos realizados sobre a questão são parcos e maioritariamente ancorados na observação.

Além das palavras da sabedoria ancestral, que insiste na interferência lunar no trabalho de parto das mulheres grávidas, existe a teoria de que a influência da lua sobre as marés seja a mesma que se exerce sobre a mulher grávida no final da gestação, influenciando os líquidos corporais da mulher da mesma forma que faz com o oceano.

A crença na influência da lua na gravidez prende-se grandemente com fatores observáveis, como o maior número de grávidas a chegar à maternidade nas luas cheias e o aumento no número de nascimentos durante esta fase lunar.(1)

A gravidez da mulher atravessa, segundo esta crença, 10 ciclos lunares completos (sendo estes constituídos pela lua cheia, lua minguante, lua crescente e lua nova), completando-se assim as expectáveis 40 semanas de gestação.

2. Como fazer a previsão do parto

O cálculo da data potencial do parto acontece quando, à data da última menstruação antes da gravidez se somam 280 dias.

Este cálculo irá fornecer a data provável para um bebé que nasça com 40 semanas. Vale a pena recordar que o prazo de nascimento oscila entre as 37 e as 42 semanas, havendo ainda a possibilidade de que o bebé seja prematuro.

Esta fórmula serve, fundamentalmente, para dar uma ideia geral de quando poderá ocorrer o nascimento do bebé mas é evidentemente falível, não sendo possível saber em concreto quando será o parto.

A influência da lua no parto

Apesar de não se ter comprovado cientificamente que a lua cheia influencie o nascimento, o facto é que, para mulheres em final de tempo, esta parece motivar um maior número de idas à maternidade e também de partos.

Muitos especialistas afirmam que, apesar da falta de explicações científicas para o facto, a maior afluência de mulheres nas maternidades é efetivamente maior nas mudanças de lua, havendo uma maior percentagem de mulheres grávidas a entrar em trabalho de parto. (2)

Algumas enfermeiras e doulas parecem ainda associar a lua nova a partos mais céleres e naturais; a lua cheia a um maior número de partos e a partos mais longos; a lua minguante a uma maior demora no tempo de dilatação e a um maior número de cesarianas e a lua crescente a partos mais simples.(3)

3. Mas, afinal, o que diz a ciência sobre a influência da lua na gravidez?

Efetivamente muito pouca pesquisa foi realizada em torno desta crença popular. Ainda assim, aceita-se que, sendo o corpo humano formado por água em 70% e considerando a influência da lua sobre as marés, seja possível que este astro influencie igualmente o nosso organismo.

No caso da gestação, a teoria seria a de que força gravitacional terrestre, influenciada pela lua, contribuiria par induzir o parto, fazendo pressão sobre o bebé na direção descendente. Esta teoria foi testada com resultados inconclusivos. (4)

Acredita que a lua influencia a gravidez? Qual julga ser a influência da lua sobre a gestação? Conte a sua experiência e/ou teorias sobre esta questão às restantes mamãs do Bebé a Bordo.

Poderá ser interessante também:

8 benefícios do maracujá na gravidez e o seu papel no sono da gestante

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo