in

Quando devo fazer massagem perineal, é eficaz?

massagem perineal na gravidez

A gestação é uma época feliz para a mulher, mas também é uma fase de questionamento e onde é necessário ter uma atenção particular ao corpo e à saúde. Saiba, como Bebé a Bordo, o que é a massagem perineal, quando deve fazê-la e qual a sua eficácia.

As sensações de plenitude e concretização fazem parte da gravidez, mas se formos honestos sabemos que não podemos, também, esquecer o lado menos positivo que vem com o período gestacional.

Alterações do corpo e hormonais são frequentes nesta fase da vida e, muitas vezes, são responsáveis pela criação de sensações relacionadas com desconforto físico, a vários níveis.

Entre as principais queixas das gestantes encontramos situações como a obstipação gestacional, a pele seca, a insónia, as dores nas costas, ou a má circulação e decorrente retenção de líquidos.


Além disso, a aproximação da hora h pode provocar alguma ansiedade, principalmente quando tantas mulheres temem não vir a ter um parto normal ou ter rompimentos neste momento.

Venha saber o que é a massagem perineal e como pode ajudar.

O que é a massagem perineal?

A massagem do períneo ou massagem perineal é, como o nome indica, uma massagem realizada na região íntima feminina, com particular atenção ao períneo: a zona que se localiza entre a vagina e o ânus.

A massagem perineal visa o fortalecimento destes músculos e serve para que a gestante consiga uma pele mais maleável e flexível, uma maior lubrificação da região íntima, uma maior elasticidade e força muscular. Este tipo de massagem pode ainda contribuir para o aumento do prazer durante as relações sexuais.

Recomendada por obstetras, esta massagem pode ser realizada em casa e será importante para facilitar o parto e evitar lacerações ou rompimentos durante o mesmo.

Revista Crescer

A massagem perineal é eficaz?

O estímulo da região do períneo, numa massagem suave e delicada, recorrendo a óleos específicos para o efeito, pode contribuir amplamente para a hidratação da pele na região, a melhor da circulação nesta área e o aumento da força e elasticidade dos músculos perineais.

Nesta medida, a massagem pode realmente contribuir para um parto mais harmonioso e reduzir de um modo significativo a probabilidade de que a futura mãe tenha complicações durante um parto normal ou tenha uma laceração no períneo durante o mesmo.

No pós-parto esta massagem também pode ser útil, principalmente em caso de episiotomia (incisão no períneo). Neste caso servirá para ajudar na dissolução dos pontos de fibrose e para a manutenção da elasticidade depois de ter levado pontos.

Já conhecia a massagem perineal? Realizou esta massagem durante a gravidez ou depois do parto? Partilhe a sua experiência com as restantes mamãs do Bebé a Bordo.

Clique em uma estrela para avaliar.

Average rating 5 / 5. Votos: 1

ARTIGOS REMOMENDADOS

Escrito por Bebé a Bordo

Saiba mais sobre maternidade, gravidez, bebé e desenvolvimento infantil, com os nossos artigos. Traga o bebé a bordo e veja o que preparamos para si!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

bebé com dermatite atópica

Como aliviar o Eczema Atópico do seu filho durante o banho