in

6 Sopas recomendadas na gravidez, come alguma?

sopas recomendadas na gravidez

Sopas recomendadas na gravidez

A sopa será, talvez, um dos alimentos mais caricatos da nossa existência.

Ao deixarmos o leite materno, foi a nossa primeira refeição; ao longo da infância tiveram, provavelmente, de insistir connosco para a tolerarmos; em adultos, aprendemos a gostar; no Outono da vida, é um dos alimentos preferidos.

A sopa acompanha-nos e nunca nos é indiferente.

Vivemos com ela uma relação de amor-ódio.

E ela retorna… apenas com amor.

É por isso que é tão importante compreender a forma como surgem as sopas na maternidade, para conhecer verdadeiramente a forma como este alimento, tão simples de preparar e tão fácil de adaptar ao gosto individual de cada um, pode fazer com que a sua gestação corra melhor, de forma mais pacata e com menor desconforto.

Convidamo-la, por isso, para nos seguir numa nova jornada gastronómica, onde propomos apresentar o top 6 das sopas essenciais na gravidez.

Conhecendo-as pode, claro, adaptar ao seu gosto – do caldo, à sopa tradicional, passando ao creme; um universo de texturas e sabores que dependerão de si e do que procura encontrar no momento de levar a colher à boca com este conforto quente e único que apenas a sopa pode dar.

1. Sopa na gestação

Mas, antes de entrarmos no universo das sopas, é importante perceber porque razão é que este alimento se torna tão importante para a mulher grávida.

Sendo a gravidez uma fase durante a qual é fundamental a manutenção de uma dieta rica e variada, uma preocupação com a nutrição e uma hidratação cuidada, é natural que a sopa venha responder de forma única e simultânea a todas as necessidades gestacionais.

Tratando-se de um alimento rico e nutritivo, que pode fazer com milhares de combinações de ingredientes, a sopa soma, ainda, às suas características, uma quantidade de água que privilegia a hidratação corporal.

Fácil de fazer e de adaptar às necessidades específicas de cada gestante, este alimento propõe-se fornecer vitaminas e minerais, numa mistura nutritiva e pouco calórica.

Além disto, principalmente se optar por fazer um creme (passando todos os ingredientes até fazer um puré) acabará por conseguir ingerir alguns legumes que, de outra forma, não comeria, sem sentir a intensidade do seu sabor.

De salientar que as potencialidades da sopa, embora sejam muitas, serão sempre maiores se a sopa for caseira.

Recomendamos, por isso, que evite os preparados em pó e as sopas enlatadas, de forma a afastar-se dos conservantes que estas contêm.

2. Tipos de sopas recomendadas na gravidez

Além disso, embora quase todas as sopas sejam positivas, é importante que se lembre de que cada legume tem as suas caraterísticas e de que pode (e deve) adaptar a sua escolha às necessidades do seu corpo durante a gestação.

Considerando as suas mais-valias apresentamos, então, o top 6 das sopas recomendadas na gravidez.

2.1. Sopa de batata com couve e alho francês

A sopa de batata com couve é uma das melhores sopas para comer durante a gravidez. Na sua composição encontrará vitaminas, minerais, ferro, hidratos de carbono e água.

Estes elementos irão resultar numa sopa cremosa e cheia de sabor, muito nutritiva, que irá ajudar a reforçar o seu sistema imunitário, tornando-a mais resistente às ameaças do quotidiano e às infeções.

Além disto, agirá como reguladora natural dos intestinos, prevenindo a prisão de ventre e ajudando-a, também, durante a fase dos enjoos matinais.

2.2. Creme de legumes (Sopas recomendadas na gravidez)

Será uma das sopas mais famosas e uma das eternas favoritas de quem gosta da textura cremosa de uma “sopa de bebé”.

Esta sopa misturará fibras e vitaminas, numa combinação cheia de sabor e que irá estimular os intestinos, agir como reguladora do sistema digestivo e reforçar o sistema imunitário.

Será ainda uma excelente sopa de conforto, para acompanhar com um pouco de pão torrado.

2.3. Sopa de beterraba

Não tão comum, a sopa de beterraba será, também, uma forte aliada durante a gestação. Esta sopa será uma fonte de fibras e de ferro, agindo como prevenção e/ou tratamento da anemia. Além disto, irá ajudar a evitar os enjoos e as cãibras. Agirá, ainda, como um anti-oxidante natural, o que fará maravilhas no sentido de limpar o seu organismo de toxinas indesejadas.

2.4. Caldo de frango com massa / Canja

A tradicional canja (caldo de frango com massinha) tem vantagens durante e após a gestação.

Durante a gravidez, terá uma ação hidratante e saciante, fornecendo ainda altos níveis de energia devido à presença de proteínas e de hidratos de carbono.

Irá, ainda, aumentar a produção de leite, sendo, por isso, fantástica para tomar durante a amamentação.

2.5. Sopa de espinafres com alecrim

A sopa de espinafres é outra excelente fonte de fibras e de ferro.

Esta será um apoio fundamental para ajudar a prevenir e tratar a obstipação, sendo ainda uma forte aliada contra a anemia gestacional.

2.6. Creme de brócolos (Sopas recomendadas na gravidez)

O creme de brócolos será, também, excelente para fazer durante a gestação.

A presença de ferro irá ajudar a prevenir a anemia gestacional. Ao mesmo tempo, sendo uma fonte de potássio, será um estimulador do desenvolvimento neurológico do bebé.

Da sua composição fazem ainda parte as vitaminas A, B, E e K e o ómega-3.

A ação desta sopa irá anunciar-se também na constituição óssea do feto e agirá como prevenção de doenças da pele, tanto no bebé como na gestante.

3. Uma receita de sopa para a mamã chef

A receita que daremos à nossa mamã cozinheira é a da primeira sopa do nosso top:

A maravilhosa sopa de batata com couve.

Para fazer esta sopa irá precisar de 4 batatas bem lavadas e descascadas, 1 talo de alho-francês, 2 chávenas de chá de couve cortada em pedaços, 2 colheres de sopa de azeite, 1 cebola, 2 dentes de alho, 1 chávena de natas frescas e sal e pimenta (a gosto).

Numa panela larga, coloque o azeite, juntamente com a cebola cortada em pedaços, o alho e o alho francês, deixando refogar até alourar.

Quando este preparado estiver dourado, acrescente as batatas cortadas em cubos. Cubra os ingredientes com água e acrescente o sal e pimenta. Deixe cozer.

Assim que estiver cozido, utilize uma varinha mágica ou um processador de comida para triturar todos os elementos até formarem um creme suave e homogéneo.

Acrescente então a couve e deixe ferver. Quando a mistura estiver fervente, acrescente as natas, mexendo sempre e deixe apurar. Assim que a couve estiver totalmente cozida, a sua sopa estará terminada e pronta a servir.

Bom apetite!

Concorda com as nossas sugestões de sopas recomendadas na gravidez? Já cozinhou ou ingeriu alguma? Conte-nos tudo sobre a sua experiência!

Poderá ter interesse em:

–  Alimentação na gravidez trimestre a trimestre

–  Comer tapioca na gravidez é saudável?

Clique em uma estrela para avaliar.

Average rating 0 / 5. Votos: 0

ARTIGOS REMOMENDADOS

Escrito por Bebé a Bordo

Saiba mais sobre maternidade, gravidez, bebé e desenvolvimento infantil, com os nossos artigos. Traga o bebé a bordo e veja o que preparamos para si!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Dieta mediterranea na gravidez

Dieta mediterrânica na gravidez: quais os benefícios?

A primeira sopa do bebé

Primeira sopa do bebé, que nutrientes escolher?