10 alimentos para diminuir o colesterol na gravidez

Alimentos para diminuir o colesterol na gravidez

Diminuir o colesterol na gravidez, com a ajuda de alguns alimentos

Durante a gravidez é comum que o colesterol fique algo elevado.

Por norma, os níveis de colesterol começam a subir por volta das 16 semanas de gravidez, chegando a atingir, no seu pico, mais 60% do que a mulher tinha antes de engravidar.

Esta situação torna-se mais preocupante nos casos em que as mamãs sofriam de colesterol elevado antes da gravidez, sendo que, neste caso, é muito importante a adoção de uma dieta específica e onde se privilegiem alimentos ricos em vitaminas e fibras.

Simultaneamente será importante um corte com alimentos indesejados como óleos e gorduras.

Embora a palavra “colesterol” nos deixe de imediato em sentido, convém relembrar que, no corpo humano, existem dois níveis distintos de colesterol: o chamado “colesterol bom” (HDL) e o “colesterol mau” (LDL).

No caso do segundo, principalmente quando se torna demasiado elevado, este pode degenerar em fator de risco no que respeita a doenças cardiovasculares.

Um exemplo disto mesmo seria a hipertensão arterial na gestação, cujas consequências podem ser bastante nocivas para o desenvolvimento do feto.

Embora a dieta não seja o único fator a considerar para controlar os índices de colesterol e a consulta de um médico não seja, de todo, dispensável, hoje iremos debruçar-nos sobre esta questão para lhe apresentarmos 10 alimentos para diminuir o colesterol na gravidez.

Amendoins e gravidez, grávida pode comer amendoim

1. Diminuir o colesterol na gravidez – Amendoim

O amendoim é um alimento gorduroso e calórico. Por esta razão, estará provavelmente a questionar a razão pela qual se encontra nesta lista.

A verdade é que o amendoim, embora tenha, por cada 100 gramas, mais de 500 kcal, a sua composição, onde constam gorduras monoinsaturadas, tem demonstrado propriedades interessantes no que respeita à redução do “mau colesterol” (LDL).

Alimento rico e capaz de saciar a gestante, este irá adequar-se a um snack e ajudá-la a diminuir o (mau) colesterol na gravidez.

2. Diminuir o colesterol na gravidez – Aveia

A aveia é um cereal muito versátil e que poderá utilizar na alimentação de várias formas, seja para fazer as famosas papas de aveia, para juntar ao seu iogurte ou para fazer bolachas caseiras.

Este cereal é bastante magro e quase não tem gordura na sua composição, apresentando-se como uma fonte de fibras. Desta forma, a aveia ajudará a diminuir o colesterol na gravidez e a prevenir eventuais doenças cardiovasculares.

É ainda uma excelente ajuda para a regulação do sistema gastrointestinal.

3. Diminuir o colesterol na gravidez – Beringela beringela

Estudos recentes apontaram que o consumo de beringela ou do seu sumo é uma ajuda preciosa para diminuir o colesterol na gravidez, estimando-se que ajude a reduzir os índices de LDL em cerca de 4 a 7%.

Esta redução ajuda também a melhorar a circulação sanguínea devido à presença de fitoquímicos.

Ainda assim, no momento de preparar a beringela deve ter o cuidado de o fazer sem fritura, uma vez que, ao acrescentar gorduras saturadas, estará a promover o colesterol.

o feijão e a gravidez

4. Feijão

Estudos recentes referem também o papel do feijão na redução do mau colesterol, apontando para que o seu consumo diário (cerca de 25 gramas) ajude a reduzir o LDL em cerca de 5%.

Isto acontece porque as suas fibras impedem que exista uma grande absorção de colesterol no intestino delgado e apoiam a excreção das mesmas a partir do intestino grosso.

Este alimento permite, assim, que grande parte dos açúcares e gorduras no organismo sejam expulsos através das fezes, reduzindo o colesterol e também o risco de diabetes ou hipertensão.

Consumo de tapioca na gravidez

5. Tapioca

A tapioca é muito rica em carbohidratos mas quase não possui gorduras.

Desta forma, embora seja muito nutritiva, esta ajuda a reduzir os riscos ligados à hipertensão gestacional, uma vez que contribui para a redução do colesterol na gravidez.

Além disto, o seu consumo ajudará a “limpar” o organismo da futura mamã devido à presença de antioxidantes naturais. É ainda uma boa fonte de ácido fólico e de cálcio.

Ver + 5 alimentos para diminuir o colesterol na gravidez >>>

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo