Sono na gravidez: porque me sinto cansada e a bocejar?

O sono na gravidez é uma das sensações vividas por muitas mulheres. Uma queixa frequente das futuras mamãs é que se sentem cansadas e a bocejar. Sabe porque razão sente tanto sono na gravidez? E conhece as melhores formas de lutar contra esta fadiga?

Venha descobrir tudo isto e muito mais com o Bebé a Bordo.

A gravidez é uma das mais belas fases da vida da mulher.

Ainda assim, a par com toda a felicidade inerente a esta época da vida feminina e com o sonho que se forma e desenvolve no ventre, ao longo de nove meses; existem também sintomas – alguns dos quais inevitáveis – que acompanham a futura mamã ao longo de toda a gestação.

Sensações como as pernas pesadas na gravidez, as dores nas articulações, as dificuldades respiratórias no último trimestre ou as decorrentes insónias na gravidez contribuem para que a mulher sinta, ao longo da gravidez, o adensar do cansaço.

Por norma sono na gravidez começa no primeiro trimestre, melhorando no segundo e agravando-se no terceiro e as razões para esta sensação ao longo da gravidez são diversas.

Assim, julgamos pertinente olhar o sono na gravidez e mergulhar no universo da fadiga, para descobrir as razões que deixam a gestante tão cansada e a bocejar.

Se também tem curiosidade sobre o sono na gravidez, este artigo foi feito mesmo a pensar em si. Acompanhe-nos e saiba tudo sobre esta questão.

1. A fadiga na gravidez sono na gravidez

Desde que o começo da gravidez, a gestante poderá sentir que está a ser visitada por uma sensação particular: o sono.

Esta sensação de sono na gravidez é muito comum, surgindo como um sintoma da própria gestação.

Algumas mulheres referem mesmo que a sensação de fadiga é tão intensa que sentem mesmo dificuldade em manter os olhos abertos e passam o dia a bocejar.

O corpo feminino sofre, de facto, várias alterações durante a gestação.

As alterações hormonais e mesmo o desgaste provocado pelo “trabalho” do seu corpo no desenvolvimento de um novo ser faz com que a mulher sinta esta exaustão.

Entre as razões que promovem o cansaço encontram-se as mudanças metabólicas, o aumento no índice de hormonas, a queda dos índices glicémicos no sangue e também as mudanças ao nível da pressão arterial.

Assim, torna-se muito natural a sensação de sono na gravidez.

2. Cansaço e sono na gravidez, trimestre a trimestre Gravidez trimestre a trimestre

Como já referimos, o sono na gravidez é uma constante da gestação. Ainda assim, as razões que promovem esta sensação alteram-se de trimestre para trimestre, bem como as sensações relacionadas com o mesmo.

Vamos, por isso, olhar o sono gravidez, em cada um dos trimestres gestacionais.

2.1. Sono na gravidez: o primeiro trimestre

Durante o primeiro trimestre da gravidez, a sensação de sono e de fadiga deve-se, fundamentalmente, às alterações hormonais sofridas pelo corpo feminino para o preparar para o desenvolvimento do bebé.

A progesterona, hormona fundamental para a gestação e que aumenta significativamente no corpo quando a mulher engravida, tem uma ação importante no sistema nervoso central e é responsável por alguns efeitos secundários, entre os quais o sono na gravidez.

No primeiro trimestre, é ainda comum uma queda da pressão arterial na futura mamã, devido à forma como o corpo promove uma melhor irrigação da placenta. Esta quebra na tensão faz com que a gestante se sinta nauseada e também fatigada.

Além disto, o aumento do ritmo cardíaco da gestante faz com que o seu corpo gaste mais energia o que pode, também, levar a uma maior sensação de cansaço.

2.2. Sono na gravidez: o segundo trimestre

O segundo trimestre da gestação será, provavelmente, aquele no qual sentirá menos sono na gravidez.

Isto porque, durante esta fase, os níveis hormonais irão estabilizar, permitindo que se sinta mais enérgica.

Ainda assim, este semestre corresponde, também, ao aumento do seu ventre e, à medida que o bebé se desenvolve e que o seu útero aumenta, é provável que o peso do bebé e a compressão dos vasos sanguíneos do abdómen e da pélvis façam com que o diafragma comece a ser pressionado e o cansaço comece a retornar.

2.3. Sono na gravidez: o terceiro trimestre

Ainda assim, o sono na gravidez será agravado principalmente no terceiro trimestre.

Por esta altura, devido ao seu peso, às dores nas articulações ou nas costas e também à pressão do bebé sobre a pélvis, a mulher começará a ter novas sensações, como as pernas inchadas ou as dificuldades respiratórias.

Além de promoverem a sensação de cansaço físico, estas sensações poderão impactar com o sono da gestante, que terá maior dificuldade em encontrar a melhor posição para dormir e poderá, inclusivamente, sofrer de insónias.

3. Dicas para minorar a fadiga na gravidez posições para deitar na gravidez

Embora o sono na gravidez seja frequente e a sensação de cansaço vá, provavelmente, fazer parte dos seus dias, a verdade é que não precisa simplesmente de aceitar a fadiga.

Existem formas de melhorar a sensação de cansaço e a adoção de determinados hábitos pode ajudar a melhorar muito o seu quotidiano.

Para começar, tente compreender os sinais dados pelo seu corpo e evite a realização de esforços excessivos e desnecessários.

Permita-se fazer uma pequena sesta quando o cansaço adensar: verá que faz toda a diferença no seu dia.

Manter um cuidado com o sono na gravidez é também importante.

Procure, dentro dos possíveis, dormir pelo menos 8 horas durante a noite, tentando ainda que o ambiente à sua volta esteja calmo, silencioso e escuro.

O recurso a almofadas de gravidez ou outros objetos de conforto poderá ser útil para minorar os incómodos, apoiando a barriga e permitindo um sono mais descansado.

Para lutar contra o cansaço, é ainda recomendável que se mantenha ativa. Faça atividades físicas que a ajudem a melhorar o funcionamento orgânico.

A hidroginástica, as caminhadas ou o ioga serão boas opções. Alongamentos são também recomendados, já que ajudam a reduzir o inchaço nas pernas e estimulam a circulação.

Uma boa forma de melhorar a sensação de fadiga é realizar massagens na gravidez. Estas massagens ajudam a evitar a retenção de líquidos, estimularão o seu organismo e farão com que consiga dormir de forma mais relaxada.

Além disso, a alimentação saudável na gravidez terá, também no seu sono, um impacto muito positivo.

Uma dieta que inclua os mais importantes nutrientes e vitaminas será fundamental para minorar a sensação de fadiga.

Além disto, recomenda-se que procure um ambiente relaxado e que evite situações de stress que possam prejudicar o seu descanso.

Sentiu-se cansada durante e gravidez? Como foi o seu sono na gravidez em cada trimestre? Partilhe a sua experiência com as restantes mamãs do Bebé a Bordo.

Algumas fontes: nhs  americanpregnancy  babycentre  babycenter  indicedesaude  babycenter  maemequer
mdsaude

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo