Grávida pode comer morangos, quais os cuidados a ter

Muitas futuras mamãs questionam se a grávida pode comer morangos. Este fruto tem sido largamente discutido e, apesar dos seus benefícios, levanta discórdia.

Venha saber se a grávida pode comer morangos com o Bebé a Bordo e descubra também quais os cuidados a ter. 

A alimentação cumpre um papel muito importante para o desenvolvimento do feto e a saúde da gestante. 

Considerando o papel da nutrição em todo o processo gestacional, é natural que as questões sobre os alimentos. Nesta fase da vida, tudo está sobre escrutínio. As grávidas questiona, se podem comer ovos, húmus ou caracóis mas também maçãuva e outros frutos. 

Um fruto que parece ser questionado várias vezes ao longo da nossa vida é o morango. Já com o bebé nos braços, mais tarde, talvez a gestante se pergunte, até, quando introduzir o morango na alimentação do bebé.

Mas, antes disso, durante a gravidez, questionará primeiro se ela própria pode ceder aos desejos e integrar os morangos na sua alimentação. 

Os morangos têm de facto, dividido opiniões. Por isso mesmo, julgámos pertinente olhar esta questão e perceber se a grávida pode comer morangos, qual a razão desta dúvida e quais os cuidados essenciais para que se possa comer este fruto na gestação. 

Se quer saber mais sobre os morangos na gravidez, este artigo é aquilo de que estava à procura. 

Grávida pode comer morangos

1. A grávida pode comer morangos?

Comecemos por desmitificar esta questão! Sim, a grávida pode comer morangos. Saudável e nutritivo, este fruto vermelho é um forte aliado da gestante, tendo inclusivamente chegado ao nosso top de frutas essenciais na gravidez

Além de ser altamente nutritivo e de estar recheado de vitaminas, o morango contribui ainda para a melhoria do sistema imunitário da mulher, ajudando na prevenção de eventuais infeções e doenças. 

A presença de ácido fólico na sua composição – uma das vitaminas mais importantes para esta fase da vida da mulher – faz com que esta seja, também, uma boa escolha alimentar. (1

O ácido fólico, também conhecido como folacina ou vitamina B9, é fundamental para a prevenção de malformações fetais, relacionadas com problemas do fechamento do tubo neural do bebe, sendo a espinha bífida e a anencefalia as principais. Além disso, o consumo adequado dessa vitamina também evita o aparecimento de um determinado tipo de anemia.

Por isso, recomenda-se que a gestante consuma alimentos fonte de ácido fólico por toda a gestação. 

Morango

Quais os nutrientes o presentes nos morangos

Como referimos, os morangos são um fruto muito nutritivo e que pode contribuir para a boa saúde da gestante e o correto desenvolvimento do feto. 

Os morangos contêm inúmeros minerais, entre os quais se inclui o potássio, o ferro, o zinco, o magnésio, o cálcio e o sódio. 

Entre as suas vitaminas destaca-se o ácido fólico, a niacina e a tiamina, bem como as vitaminas A, C e K. 

Também é uma ótima fonte de fibras, nutrientes que auxiliam muito no bom funcionamento intestinal e no controle da glicose. 

Quais as razões que levantam dúvidas sobre se a grávida pode comer morangos?

O facto de a gestante poder comer morangos, no entanto, não tira validade a alguns dos argumentos apresentados por quem acredita que a gestante não deve fazê-lo. 

De facto, muitas das culturas de morangos fazem uso de pesticidas que podem ter uma ação negativa no sistema reprodutor e na gestação. 
Além disso, quando mal lavados, estes podem transportar bactérias nocivas para a gestação. 

Ainda assim, como veremos adiante, com os devidos cuidados, estas problemáticas não impedirão que a grávida possa comer morangos. 

2. Quais os benefícios dos morangos na gravidez?

Entrando no leque das frutas essenciais na gravidez, o morango apresenta-se como um fruto muito benéfico para a gestante. Entre os principais benefícios dos morangos na gravidez encontramos os seguintes: (2

– Ajuda a prevenir a anemia gestacional
– Ajuda a reduzir os índices de mau colesterol; 
– Combate os radicais livres; 
– Reduz a sensação de indisposição e combate as náuseas; 
– Promove a desintoxicação do organismo; 
– Reduz o desejo por comidas açucaradas; 
– Promove o desenvolvimento e fortalecimento ocular do bebé; 
– Melhora o funcionamento do trato intestinal; 
– Melhora a digestão; 
– Ajuda no desenvolvimento do tubo neural do bebé; 
– Previne doenças congénitas como a espinha bífida
– Melhora a imunidade da gestante. 

3. Quais os cuidados a adotar ao comer morangos na gravidez?

Ainda assim, como referimos acima, se é verdade que a grávida pode comer morangos, é igualmente verdade que existem três aspetos aos quais deve estar atenta, ao fazê-lo. Estes aspetos são: as alergias alimentares, os agrotóxicos e a higiene do fruto. (3

Se a gestante tiver motivos para suspeitar que pode ter uma alergia ao morango, será importante que não coma o fruto sem, pelo menos, falar com o seu médico sobre esta questão. 

Já os agrotóxicos usados nas culturas de morangos, tratam-se de pesticidas de origem química, que podem ser perigosos durante a gestação. Assim, é muito importante que a gestante procure as alternativas biológicas. 

Mesmo ao escolher os produtos biológicos, será ainda importante que os morangos sejam muito bem lavados, já que estes contactam com a terra e podem conter vestígios de fezes animais (o que pode gerar problemas como a toxoplasmose). e outras doenças de origem alimentar.

A higienização correta consiste em lavar inicialmente os frutos em água corrente, em seguida deixar de molho em solução clorada (1 colher de sopa de agua sanitária para cada litro de água filtrada e potável) e finalmente enxaguar em água corrente para eliminar quaisquer restos de impurezas. (4

Se seguir estes passos, a grávida pode comer morangos sem medo. 

Sabia que a gestante pode comer morangos? Comeu este fruto durante a sua gestação? Conte a sua experiência pessoal aos restantes leitores do Bebé a Bordo. 

Poderá querer ler também:

Alimentos ricos em ácido fólico, importantes para a gestante

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo