Amêndoas na gravidez: é um bom alimento para a grávida?

Muitas gestantes questionam se podem comer amêndoas na gravidez e se este é, efetivamente, um bom alimento para a grávida. Se esta é, também a sua dúvida, venha com o Bebé a Bordo saber tudo sobre as amêndoas na gravidez. 

Quando se engravida, a alimentação na gravidez trimestre a trimestre depressa se torna uma preocupação da futura mamã. 

Dado o papel da nutrição para a garantia de uma gestação saudável, na melhoria de alguns dos desconfortos comuns e sendo que esta pode impactar diretamente no desenvolvimento do bebé, é natural que as gestantes tenham algumas dúvidas. 

Entre as perguntas das gestantes encontram-se algumas sobre as plantas medicinais perigosas na gestação, os chás que podem ingerir, os alimentos que podem causar toxoplasmose e também quais os que ajudam a minorar os enjoos na gravidez

Estas perguntas, no entanto, não são as únicas. Um a um, os alimentos da dieta da gestante encontram-se sob escrutínio e, por isso mesmo, não é estranho que as gestantes queiram saber quais os benefícios das amêndoas e se é seguro ingerir amêndoas na gravidez. 

Esta última questão é a que colocamos, também, no nosso artigo de hoje. Se quer saber mais sobre as amêndoas na gravidez e descobrir se este é um bom alimento para a grávida, não deixe de ver o que preparámos para si. 

1. Quais as principais caraterísticas nutricionais das amêndoas?

As amêndoas são um fruto seco e, tal como muitos alimentos deste grupo alimentar, trata-se se um alimento nutritivo e calórico, que oferece um grande aporte energético. 

Por 100 gramas de amêndoas existem cerca de 576 calorias, entre as quais se destaca a presença de hidratos de carbono e gorduras insaturadas (incluindo os ácidos gordos ómega 3 e ómega 6). (1

As amêndoas são uma excelente fonte de proteínas e contém vitaminas diversas, das quais destacamos a vitamina A, a vitamina E, a vitamina K e várias vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, ácido fólico, colina). 

Além disso, as amêndoas apresentam-se ainda como uma fonte de minerais, destacando-se a presença do ferro, do magnésio, do cálcio, do potássio, do manganês e do zinco. 

Amêndoas na gravidez: é um bom alimento para a grávida?

2. As amêndoas são um bom alimento para a grávida?

Algumas gestantes manifestam dúvidas quanto a comer frutos secos durante a gravidez e, como tal, questionam também as amêndoas na gravidez. 

Embora existam muitos medos, alicerçados no mito de que este alimento possa ser nocivo para o bebé ou vir a promover uma maior probabilidade de o bebé vir a sofrer de alergias; a verdade é que nenhuma prova científica exista de que haja, efetivamente, uma relação entre o consumo de amêndoas na gravidez e as alergias da criança. 

Se a gestante não for alérgica a amêndoas, introduzir este alimento na dieta pode, na verdade, oferecer vários benefícios nutritivos, que ajudarão tanto a gestante como o bebé. (2

Além disso, a presença dos ácidos gordos poli-insaturados – os ómega 3 e 6 – fazem deste um dos melhores alimentos para a promoção do desenvolvimento neurológico e visual do bebé, principalmente nas semanas antes da hora H

Este é ainda uma boa opção para manter a mamã saciada entre refeições e melhorar globalmente o seu funcionamento orgânico. 

E leite de amêndoas, a grávida pode beber?

Sim, o leite de amêndoas pode também ser uma boa opção para a gestante.

Além dos benefícios da amêndoa estarem também presentes no seu leite, esta é uma opção sem lactose e sem glúten, excelente para substituir o leite de vaca. É, também, uma boa opção para a grávida vegetariana. (3

3.Quais os benefícios das amêndoas na gravidez?

Além dos benefícios globais das amêndoas, este alimento oferece ainda alguns benefícios específicos durante a gravidez. Entre os principais destacamos os seguintes: (4

– Riqueza protéica, essencial para o desenvolvimento do bebé; 
– Aporte energético para a gestante; 
– Alto teor de fibras e melhoria do trânsito intestinal; 
– Prevenção da prisão de ventre e das hemorróidas
– Redução do risco de hipertensão gestacional
– Redução do risco de pré eclâmpsia
– Promoção do desenvolvimento ósseo fetal; 
– Promoção do desenvolvimento cognitivo do feto; 
– Prevenção de doenças congénitas (como, por exemplo, a espinha bífida). 

4. Existe algum cuidado a ter com o consumo de amêndoas na gravidez?

Como todos os alimentos que a grávida ingere, o segredo da ingestão de amêndoas na gravidez reside essencialmente na moderação.

Apesar de todos os seus benefícios, a gestante deve recordar que as amêndoas são um alimento calórico e que, como tal, quando ingerido em excesso, pode levar a um ganho de peso excessivo, o que pode gerar problemas gestacionais. 

Além disso, antes de ingerir amêndoas na gravidez, a gestante deve garantir que não é alérgica a este alimento. Em caso de dúvida, será melhor evitar comer amêndoas sem, primeiro, falar com o seu médico. 

Sabia tudo isto sobre as amêndoas na gravidez? Este foi um alimento que consumiu enquanto estava grávida? Conte às restantes mamãs do Bebé a Bordo a sua opinião sobre as amêndoas na gravidez. 

Poderá ser interessante também:

Gergelim na gravidez, quais são os benefícios desta semente na gestação?

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo