Queda de cabelo no pós-parto: será normal esta perda capilar?

A queda de cabelo no pós-parto é uma preocupação para muitas recém-mamãs. Esta situação, bastante comum, faz com que muitas mulheres questionem as causas e potenciais soluções para o problema. Sabe porque tem queda de cabelo no pós-parto? E sabe se esta situação é normal?

Então, venha descobrir mais com o Bebé a Bordo.

A queda de cabelo é uma preocupação das mulheres em várias fases da vida. Em algumas altura da nossa vida, esta queda pode ser motivada por diversos fatores, como a falta de nutrientes alimentares, o excesso de peso ou obesidade, uma alimentação pouco saudável e que não integre os alimentos que ajudam a prevenir a perda capilar.

Além deste tipo de situações, no entanto, quando a mulher engravida, surgem outras. A queda de cabelo na gravidez e a queda de cabelo no pós-parto são duas situações comuns e que fazem com que muitas gestantes se sintam verdadeiramente preocupadas.

Sabendo que o cabelo saudável e forte é um elemento importante para a confiança das mulheres, decidimos, por isso, dedicar este artigo às mulheres que notam a queda de cabelo no pós-parto, para esclarecermos as causas, as formas de tratamento e as eventuais soluções durante e após o período de amamentação.

Se também quer saber mais sobre a queda de cabelo no pós-parto, este é o artigo certo para si!

Queda de cabelo no pós-parto: porque acontece?

Durante a gravidez, muitas mulheres apreciam o estado dos seus cabelos. O aspeto volumoso, sedoso e saudável é, nestas situações, promovido pela progesterona, uma hormona que pode ser aliada dos cabelos bonitos… ou, por outro lado, sua inimiga.

Embora pareça ideal, este cenário esteticamente aprazível não acontece a todas as mulheres. Algumas, pelo seu histórico capilar ou pelas escolhas alimentares, vêem o cabelo ficar mais seco, mais quebradiço e caia maus.

Embora pouco linear durante a gestação, no entanto, a queda de cabelo torna-se mais comum e frequente no pós-parto, motivada pelo enfraquecimento dos fios capilares gerado pelo desequilíbrio hormonal e pelo enfraquecimento do organismo na transmissão dos nutrientes para o bebé durante o período de amamentação.

Muitas vezes, o aumento da perda capilar nesta fase relaciona-se, justamente, com as melhorias sentidas no cabelo durante a gestação, já que as hormonas tinham minorado temporariamente a queda.

Quando o índice hormonal tem uma quebra, após o nascimento do bebé, os fios de cabelo cujo ciclo de crescimento tinha terminado mas que não tinham ainda caído acabam por cair, causando a ideia de uma excessiva queda de cabelo no pós-parto.

Além disso, situações como o stress, a depressão pós-parto, as alterações alimentares e as mudanças bruscas no peso podem também contribuir para a queda de cabelo no pós-parto.

Como se manifesta a queda de cabelo no pós-parto? É normal?

Sim. A queda de cabelo no pós-parto é muito comum e normal.

A combinação dos fatores acima descrita faz com que a natural queda do cabelo – que diariamente se manifesta com uma queda de 100 a 125 fios – aumente para a queda de até 500 fios capilares diariamente.

Quanto tempo dura a queda de cabelo no pós-parto?

Esta situação tende a piorar quando há um decréscimo intenso nas hormonas que, durante a gravidez, estiveram presentes no corpo da mulher. Por norma, a queda de cabelo no pós-parto dura aproximadamente seis meses.

Após este período, algumas mulheres notam ainda outras alterações no seu cabelo como, por exemplo, que este está mais liso, mais ondulado, mais seco ou mais oleoso.

O tempo que passa até à normalização capilar pode ser menor, caso as mulheres recorram a estratégias adequadas para a sua prevenção e tratamento.

Posso utilizar algum produto para a queda de cabelo durante a amamentação?

Durante a amamentação, muitos dos tratamentos para a queda de cabelo (nomeadamente fortificantes, em comprimido ou de aplicação tópica) são fortemente desaconselhados, já que os químicos presentes nos produtos podem comprometer o leite materno.

Uma ida ao dermatologista, nesta fase, será, por isso mesmo, mais pertinente do que a automedicação do problema.

Um dermatologista poderá orientar a mamã para um conjunto de produtos adequados e que promovam o tratamento da queda do cabelo, de uma forma segura para a mãe e para o bebé.

Mas existe alguma alternativa para melhorar a perda capilar?

Sim, existem. Tal como referimos, nenhum tratamento – ainda que se trate de um tratamento natural – deve ser feito sem consultar o seu médico. Lembre-se de que a amamentação é um período importante e que manter a saúde da criança é prioritário.

Por norma, para solucionar este problema, os médicos tendem a recomendar suplementos vitamínicos, sendo que estes ajudam, simultaneamente, a resolver o problema da queda de cabelo no pós-parto e a fortalecer o organismo da mãe, que irá transferir os benefícios dos nutrientes recebidos também para a criança através do leite materno.

Além disso, o papel da alimentação não pode ser esquecido. Uma alimentação saudável e que integre alimentos ricos em biotina como os frutos secos ou o farelo de trigo podem impulsionar o crescimento e fortalecimento dos fios capilares.

Após o período de amamentação, quais as melhores formas de tratar a perda capilar?

Quando passa o período de aleitamento da criança, que geralmente é exclusivo até aos 6 meses e se estende, a par com a diversificação alimentar, até aos 12 meses da criança, novas alternativas poderão ser integradas para o tratamento da perda capilar.

Nesta fase, comprimidos para o fortalecimento dos fios de cabelo ou outros produtos para o mesmo fim poderão ser utilizados sem risco para o bebé, uma vez que este já não toma o leite materno.

Outras estratégias que pode usar são as mousses e hidratantes de farmácia, a coloração do cabelo (que era, também, desaconselhada na gravidez) e os tratamentos específicos de cabeleireiro.

Teve queda de cabelo no pós-parto? Como solucionou este problema? Quando notou melhorias? Conte a sua experiência pessoal às restantes mamãs do Bebé a Bordo.

Algumas fontes: healthline babycenter famivita contraquedadecabelo  todaysparent brasil.babycenter parents

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo