Copo menstrual: posso usar depois da gravidez?

O copo menstrual é um produto cada vez mais utilizado pelas mulheres para a sua higiene íntima durante a menstruação. Venha com o Bebé a Bordo saber se pode usar o coletor menstrual após a gravidez.

A menstruação foi, em tempos, uma temática tabu. Ainda assim, ao longo dos anos, os assuntos femininos ganharam nova expressão, o que permitiu que começassem a surgir métodos distintos para servir as necessidades das mulheres e reduzir o seu desconforto.

Um bom exemplo de como os estudos se dedicaram à questão é o conhecimento sobre os melhores alimentos para aliviar as dores menstruais.

Além disto, merece destaque um dos métodos introduzidos para a menstruação feminina: o copo menstrual. Este novo método veio modificar por completo as formas de proteção durante o período e contribuir, também, para minimizar os efeitos ambientais provocados pelos tampões e pensos descartáveis.

Produzido através de materiais hipoalergénicos, este é um copo colocado no interior da região vaginal durante a menstruação. Durável, este pode ser reutilizado durante dez anos, podendo ainda ser mantido no interior do corpo até 12 horas consecutivas. (1)

Apesar de já ser utilizado por muitas mulheres, este método ainda levanta, no entanto, algumas dúvidas. Uma das mais comuns diz respeito ao seu uso depois do parto. Venha saber se pode usar o copo menstrual após a gravidez.

Copo menstrual: posso usar depois da gravidez?

Uso do copo menstrual depois do parto: sim ou não?

Provavelmente já ouviu falar do resguardo após o parto, também conhecido como puerpério. Este é um período de cerca de 40 dias ao longo dos quais o corpo feminino inicia o processo de recuperação depois do nascimento do bebé e no qual se espera que as hormonas e tecidos corporais normalizem.

Sabendo da existência deste tempo de resguardo muitas mulheres questionam se podem usar o copinho menstrual e, de facto, esta é uma questão muito pertinente.

O tempo do resguardo – equivalente, aproximadamente, a seis semanas (ou 40 dias, como referimos) – é justamente o tempo que a mulher deve aguardar antes de fazer uso deste método, já que esta é a fase em que também o pavimento pélvico se encontra em recuperação.

Embora este seja o tempo oficial quer para parto regular como por cesariana, vale a pena recordar que o tempo referido é uma média, não dispensando a consulta de um especialista. (2)

Recomendações sobre o uso do copo menstrual depois do parto

Se tiver a intenção de começar a utilizar o copo menstrual depois da gravidez, é recomendado que consulte o seu ginecologista sobre esta questão. (3)

Vale a pena recordar que, apesar de existirem tempos médios para a recuperação do organismo após a gestação, todas as mulheres vivem experiências diferentes, sendo importante a avaliação particular de cada situação antes de recorrer a este método.

Quando o seu médico liberar o uso do copinho menstrual é sinal de que o pavimento pélvico retornou à sua forma natural e que é totalmente segura a sua utilização.

Utiliza copo menstrual? Teve dúvidas quanto ao seu uso em algum momento da sua vida? Conte-nos e aos restantes leitores do Bebé a Bordo quais são os seus anseios quanto ao coletor menstrual.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo