Quando introduzir o morango na alimentação do bebé e quais os seus benefícios

Saber quando introduzir o morango na alimentação do bebé é uma das perguntas questões mais frequentes entre as mamãs na fase da diversificação alimentar. Sabe qual é o momento certo para integrar este fruto na rotina alimentar do seu filho? Então, venha descobrir quando introduzir o morango na alimentação do bebé, com o Bebé a Bordo.

A partir dos 6 meses inicia-se uma nova fase na vida do seu filho. Habituado ao leite materno ou à fórmula como alimentação exclusiva, este começará, aos poucos a aventurar-se pelo mundo da diversificação alimentar.

Da primeira sopa e até ao momento de partilhar a comida com o resto da família, a transição será feita aos poucos, com a introdução sucessiva e gradual de vários alimentos que lhe darão a conhecer novos sabores e novas texturas.

Nesta fase, é natural que mas mamãs tenham algumas dúvidas no que diz respeito à melhor fase para introduzir determinados alimentos e, por isso mesmo, é comum que surjam questões como quando introduzir o abacate na alimentação do bebé ou qual o momento de introduzir a laranja na sua rotina alimentar.

O morango é outro dos frutos que gera dúvidas entre as mamãs, levando-as a questionar quais os benefícios e os riscos inerentes a este alimento.

Hoje dedicámos a este fruto toda a nossa atenção, para lhe dizermos quando introduzir o morango na alimentação do bebé e enumerarmos os benefícios deste consumo.

Se também quer saber qual é o momento certo para a introdução do morango na alimentação do seu filho, este artigo foi feito a pensar em si!

1. Quando introduzir o morango na alimentação do bebé?

Embora a diversificação alimentar se inicie aos 6 meses e muitos frutos – como a banana, a maçã ou a pêra – possam ser introduzidos nesta fase; o morango é um fruto distinto e que se recomenda que seja introduzido na alimentação da criança apenas depois dos 12 meses de idade.

Alguns especialistas mais cautelosos estendem, até, este prazo aos 24 meses.

Embora o momento específico de introduzir o morango na alimentação do bebé seja pouco consensual, a principal razão pela qual deve retardar o momento de introduzir o morango na alimentação do bebé deve-se ao seu potencial alergénico.


A introdução do morango na alimentação do bebé, no entanto, constitui uma adição importante para a criança, já que as propriedades desta fruta são altamente benéficas para a sua saúde.

2. Quais são os benefícios do morango para o bebé?

Como referimos, existem vários benefícios no consumo do morango pelo bebé. Além de ser pulposos, suculentos e doces – o que cria uma facilidade de aceitação – este fruto apresenta benefícios como:

– Fortalecimento do sistema imunitário;
– Fonte de ferro e prevenção de anemia;
– Apoio à cicatrização de pequenos ferimentos;
– Melhoria da capacidade mental;
– Apoio ao desenvolvimento cognitivo;
– Função anti-inflamatória;
– Promoção da saúde cardiovascular;
– Fonte de fibras alimentares;
– Melhoria do sistema digestivo;
– Prevenção e tratamento da obstipação;
– Contributo para a saúde cutânea;
– Promoção da saúde ocular;
– Prevenção de doenças cancerígenas;
– Ação antioxidante.

Que nutrientes estão presentes no morango

Os benefícios enunciados prendem-se, fundamentalmente, com os nutrientes que compõem este fruto.
Nos morangos estão presentes várias vitaminas (como a vitamina A, a vitamina C, a Tiamina, o Ácido Fólico, a vitamina K e a niacina).

Além destas, minerais como o potássio, o fósforo, o magnésio e o cálcio surgem, também, em destaque; havendo ainda, em menores quantidades, a presença de ferro, de sódio e de zinco.

3. Como introduzir o morango na alimentação do bebé?

Ao introduzir o morango na alimentação do bebé será necessário que tenha alguns cuidados. Sendo um alimento produzido na terra e que integra a chamada “dúzia suja”, este pode conter elevadas concentrações de pesticidas.

Quando servidos às crianças, é recomendado que opte por morangos biológicos e orgânicos, garantindo que os lava cautelosamente.

Devido à sua textura e às suas muitas sementes, esta fruta apresenta também um risco de que o bebé se engasgue, podendo haver cenários de asfixia quando os morangos são fornecidos inteiros ou em pedaços.

Assim, recomenda-se que a introdução do morango seja feita sob a forma de puré ou papinha, enquanto elemento único ou a par com outras frutas.

Depois de dar ao seu filho esta fruta pela primeira vez, torna-se importante que se mantenha atenta para garantir que nenhuma reação alérgica é despoletada. Os principais sintomas de alergia são: inchaços, urticária, dificuldades respiratórias, palidez, vómitos e diarreia.


Receita de papinha de morango com banana para o bebé

Uma boa alternativa para introduzir o morango na alimentação do bebé será o puré de morango e banana.

Para fazer esta receita, precisará de uma chávena/xícara de morangos (preferencialmente orgânicos e sem sementes) e de uma banana média madura.

Recorrendo a um processador de alimentos deverá reduzir as frutas a puré, até ter uma textura homogénea. Na eventualidade de achar a mistura demasiado espessa, pode acrescentar uma colher de água ou de leite para bebé.

Vale ainda a pena referir que, caso não remova as sementes, será absolutamente natural que note a sua presença na fraldinha da criança.

Como fez para introduzir o morango na alimentação do bebé? Que idade tinha o seu filho quando o fez? Conte a sua experiência pessoal às restantes mamãs do Bebé a Bordo.

Algumas fontes: healthline wholesomebabyfood.momtastic babycenter  momjunction doutorja
livestrong omanualdaspapinhas

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo