Mangostão: será um fruto seguro para o bebé?

A fase da diversificação alimentar levanta dúvidas nas mamãs. Sabe se o mangostão é um fruto seguro para o bebé? E a partir de que idade? Venha saber com o Bebé a Bordo.

A alimentação do bebé levanta sempre algumas dúvidas nos seus pais. Se, nos seis primeiros meses de vida, a amamentação é recomendada, sendo simples compreender as necessidades do bebé, que será alimentado preferencialmente com o leite materno ou, em alternativa, com as fórmulas lácteas; depois dos seis meses surge um mar de dúvidas com a introdução dos alimentos sólidos dos 6 meses a 1 ano.

Nesta fase, existem várias dúvidas por parte dos pais. Muitos questionam, por exemplo, qual a primeira sopa do bebé ou se existem riscos numa alimentação vegan para a criança. Questionam ainda, neste leque, como se faz a introdução das frutas na alimentação do bebé até 1 ano, mês a mês.

O mangostão é uma fruta que, gradualmente, se tem vindo a tornar mais conhecida e aclamada pela sua grande riqueza nutricional. Assim, esta é também uma fruta que muitos pais ponderam introduzir na alimentação do bebé durante a fase da sua diversificação alimentar.

Hoje, vamos conhecer melhor o mangostão, descobrir se este é seguro para o bebé e quando pode introduzi-lo na sua rotina alimentar. Venha conhecer melhor o mangostão para o bebé.

Mangostão: será um fruto seguro para o bebé?

O que é o mangostão e quais os seu nutrientes?

O mangostão, também conhecido por mangostim, trata-se de um fruto proveniente da Ásia, tropical, e que ainda não é muito comum em Portugal, apesar de começar, aos poucos, a ganhar fama pelas suas propriedades. (1)

Este fruto é muito rico em nutrientes e conta, por isso, com inúmeros benefícios para a saúde humana, o que leva muitos pais a questionar-se sobre as vantagens da sua inclusão na alimentação do bebé.

Entre os nutrientes que encontramos na tabela nutricional do mangostão encontra-se o cálcio, o potássio, o fósforo, várias vitaminas do complexo B, a vitamina A e a vitamina C. (2)

Com que idade pode ser introduzido o mangostão na alimentação do bebé?

O mangostão, como os demais alimentos sólidos, não deve ser integrado na rotina alimentar do bebé até aos 6 meses de idade.

Entre os 6 meses e os 9 meses, os especialistas recomendam a introdução de outro tipo de alimentos, como a abóbora ou a cenoura.

Depois dos 10 meses do bebé, no entanto, não existem indicações contrárias à introdução deste fruto na rotina alimentar do bebé, sendo este um fruto nutritivo e que pode ser bastante saudável para a criança. (3)

Existem aspetos a ter em atenção ao dar mangostão ao bebé?

Sim. Apesar de considerado seguro após os 10 meses do bebé, a introdução deste fruto deve ser feita – tal como a dos restantes – com alguns cuidados especiais.

Na fase da diversificação alimentar, o bebé poderá manifestar reações alérgicas a determinados alimentos, pelo que é recomendável que introduza os alimentos um a um e que acompanhe eventuais reações da criança aos mesmos. (4)

Recomenda-se ainda que fale com o pediatra do seu filho sobre a introdução do mangostão na sua alimentação.

Alguma vez deu mangostão ao seu filho? Conte aos restantes leitores do Bebé a Bordo como correu esta experiência.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo