As melhores posições para se deitar na gravidez

Deitar na gravidez, embalos noturnos

Dormir bem é muito importante.

Um sono profundo e restaurador pode fazer toda a diferença no quotidiano de uma pessoa.

Além de garantir uma rotina saudável, o sono assegura o bem-estar físico e emocional e permite ao organismo recuperar da fadiga e do desconforto gerados pelas diversas situações do dia.

Quando está grávida, por entre o cansaço acumulado, as dores no corpo, a avalanche hormonal e as alterações de humor, este é um momento ainda mais importante.

Embora seja fundamental para a futura mamã este investimento numa boa noite de descanso, a verdade é que, durante a gestação, nem sempre é simples conseguir esse ideal de sono reparador.

Neste artigo iremos debruçar-nos sobre esta questão, para que conheça todas as formas como pode promover uma boa noite de sono e quais são as melhores posições para se deitar na gravidez para a ajudar a que tal aconteça.

 

posições para deitar na gravidez

1. Deitar na gravidez, em busca do conforto

A tarefa de deitar pode parecer muito simples para a maioria das pessoas.

Durante a gravidez, no entanto, pode ser mais complexo do que aparenta.

Nos primeiros meses da gestação não haverá muitos constrangimentos, uma vez que a barriga da mamã ainda está relativamente pequena.

Nesta fase, são muitas as gestantes que gostam de se deitar de bruços.

Associado a esta posição costuma surgir um pouco de tensão e ansiedade, juntamente com a pergunta: “será que prejudico o meu bebé por me deitar de barriga para baixo?”.

A resposta a esta questão é, felizmente, negativa.

Ainda que a mulher durma de bruços, tal não constituirá qualquer risco para o seu filhote, em nenhum momento da gestação.

Apesar disto, esta posição vai sendo invalidada por questões fisiológicas, à medida que a gravidez avança.

Com a barriga cada vez mais crescida, as mulheres começam, por norma, a sentir desconforto nesta posição.

Outra opção será dormir de barriga para cima.

Esta posição é muito comum nos primeiros meses de gravidez, uma vez que ampara a coluna da mulher e ameniza as dores de costas.

Esse conforto, no entanto, parece também ser passageiro.

Em meados do segundo trimestre, é usual que as mulheres sintam, nesta posição, um desconforto causado pelo útero que comprime a veia cava e provoca mau estar e falta de ar.

Perante a dificuldade em manterem as posições nas quais dormiam inicialmente, as mamãs preferem, usualmente, no último trimestre de gravidez, deitar-se de lado.

No que diz respeito a esta posição, os médicos recomendam que a mulher opte por se deitar voltada para o lado esquerdo.

Esta posição favorecerá a circulação sanguínea fazendo com que o sangue flua melhor pelo cordão umbilical, levando ao bebé o oxigénio e os nutrientes.

Isto manterá o feto mais calmo durante a noite.

Por fim, quando se aproxima o momento do parto, se a grávida sentir que a falta de ar se torna mais premente no momento do sono, o melhor será optar por dormir levemente sentada.

2. Deitar na gravidez, almofadas e truques

Costuma dizer-se que a almofada é boa conselheira.

Na gravidez, ela será mais do que isso.

Será, antes de mais, a sua melhor companheira e o seu truque mais pertinente.

No momento de dormir, para garantir o conforto, o recurso às almofadas pela grávida é muito comum.

Caso se deite de lado, por exemplo, colocar uma almofada no meio das pernas poderá ajudar a que mantenha a coluna numa posição mais reta e, assim, ajudá-la com as dores de costas.

Esta mesma utilização irá, também, ajudar a suportar a sua barriguinha, garantindo que não sente a pressão desta contra o colchão de uma forma que a impeça de dormir sossegadamente.

Na fase final, as almofadas poderão ser usadas atrás das suas costas, criando um desnível na cama que lhe permita descansar de forma confortável e numa posição mais elevada.

Isto irá garantir que respira melhor e acabar com a ansiedade provocada pela falta de ar.

Por fim, durante a gestação, são muitas as mamãs que escolhem almofadas compridas, que se moldem ao corpo e que possam abraçar enquanto dormem.

Além de a ajudarem a criar e a manter a posição de conforto, estas irão ajudar, também, emocionalmente, funcionando para a mamã como um objeto de aconchego.

3. Posições para se deitar na gravidez, outros conselhos

Além de encontrar a melhor posição para se deitar, durante a gravidez poderá garantir que dorme melhor seguindo alguns conselhos.

Antes de mais, será importante que evite o chá e o café (bem como quaisquer outras fontes de cafeína).

Evite as luzes, os barulhos e faça do seu quarto um espaço de relaxamento, comprometendo-se em deixar as suas preocupações antes de passar a porta.

Promova uma rotina diária o mais relaxante possível e, caso realize algum tipo de exercício físico, garanta que este não é realizado muito próximo da hora de se deitar.

Evite, também, beber muita água durante a noite, o que minimizará as idas noturnas até à casa-de-banho.

Apesar dos muitos desconfortos que a gravidez carrega no momento de se deitar (náuseas, dores nas costas, cãibras nas pernas, falta de ar ou inquietude), seguindo estas dicas o seu sono durante a gestação será, certamente, reparador.

Verá que é possível dormir como um bebé.

Quais foram, para si, as melhores posições para se deitar quando estava grávida? Alguma vez recorreu à ajuda das almofadas?

Não deixe de nos contar tudo sobre a sua experiência.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo