Adormecer o bebé ao colo, como inverter este hábito?

Adormecer o bebé ao colo

O sono do bebé é uma temática na qual estamos, ainda, longe de encontrar um consenso.

Se, por um lado, alguns especialistas defendem a importância de criar, desde logo, uma autonomia da criança no que respeita ao seu sono, outros avançam algumas vantagens e mais-valias de práticas como a partilha da cama ou o colo no momento de adormecer a criança.

Ambas as correntes apresentam argumentos e razões válidas para justificar a forma como o sono do recém-nascido deve ser tratada por parte dos pais.

Entre recomendações diversas, estes especialistas, embora de forma distinta, focam a importância da autonomia do bebé e salientam um conjunto de medidas que podem ajudar a garantir horas de repouso mais tranquilas para todos os elementos da casa.

Hoje, é neste mundo que vamos mergulhar, para conhecer melhor os hábitos associados ao sono do bebé e as formas como os pais podem optar por lidar com a situação.

Estar informado sobre as estratégias para adormecer o bebé – ou para o ensinar a adormecer por si – irá, certamente, ser muito importante na dinâmica de toda a sua família.

1. Dormir ao colo: um bom ou mau hábito?

A maioria dos pais já deverá ter ouvido pelo menos um conselho no sentido de não adormecer o bebé ao colo.

O senso comum e a experiência pessoal de muitos indicam, pois, que este é um mau hábito, que se torna difícil de contrariar, uma vez que o bebé se habitua à sua presença e se torna dependente dela para sentir o conforto necessário para dormir.

Muitos pais e médicos acreditam que, ao adormecer o bebé ao colo, se está a perpetuar a sua falta de autonomia, hábito que, depois, nem sempre é fácil de inverter.

Ainda assim, existem argumentos contrários.

Alguns especialistas consideram que, pelo menos até aos 4 meses de idade, não é errado adormecer o bebé ao colo. Este hábito dará, segundo os defensores desta ideia, mais conforto ao bebé e aos próprios pais.

Ainda assim, eles mesmos advertem para o facto de que, depois dos 3 ou 4 meses de idade, este é um hábito que precisa de ser revisto, para que o bebé comece ser mais autónomo e a ganhar a capacidade de dormir sozinho.

Na opinião destes especialistas, adormecer o bebé ao colo é uma prática que não deve ultrapassar o primeiro ano de vida do bebé.

2. Como inverter adormecer o bebé ao colo

Se optou por adormecer o bebé ao colo durante os primeiros meses de vida, é natural que note, neste, alguma resistência para dormir sozinho. Ainda assim, deve ter em mente que é extremamente importante que o bebé aprenda formas para se acalmar e embalar no sono sem a ajuda dos pais.

Este processo, que levará o seu bebé a deixar de chamar por si sempre que precisar de adormecer, é uma parte do seu próprio desenvolvimento.

Esta etapa, no entanto, não acontece da mesma forma nem à mesma velocidade para todas as crianças.

No caso de bebés que demorem um pouco mais a deixar de adormecer ao colo, os pais deverão ativamente aplicar técnicas para a inversão da situação. Para começar, poderão, por exemplo, mantê-lo ao colo até estar sonolento, deitando-o sozinho, no entanto, antes de adormecer.

Confortar o bebé ou fazer-lhe companhia mas sem lhe pegar ao colo será outra forma de promover o conforto, à medida que o habitua a dormir sozinho no berço.

Relembre, em todos os momentos do processo, que cada família é única e cada bebé é diferente.

Procure sempre a técnica que for mais confortável para garantir que o bebé se sente seguro e avança para um sono mais autónomo e tranquilo.

3. Outras dicas

No caso dos bebés, a rotina é imensamente importante. Então, se o seu bebé está a ter dificuldade em dormir sozinho, é fundamental que comece a estabelecer uma rotina diária que promova a autonomia do seu sono.

Criar e respeitar horários de refeição e sesta, bem como separar espaços de lazer e espaços de descanso, poderá ser útil para que o processo seja mais rápido.

Além disto, alguns pais conseguiram bons resultados com a oferta de um objeto de conforto ao bebé.

Muitas vezes, com a presença de um boneco, uma fraldinha de pano ou uma chupeta, os bebés conseguem encontrar o conforto que tinham no colo dos pais e habituam-se, por isso, a dormir sozinhos com maior facilidade.

Acima de tudo, no momento da inversão do hábito promovido por adormecer o bebé ao colo, tenha paciência e encare este processo como algo gradual e que acontece ao tempo da criança.

Habituou o seu filho a dormir ao colo? Foi fácil inverter este hábito? Com que idade começou a dormir sozinho? Não deixe de partilhar connosco a sua experiência pessoal.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo