Ritmo cardíaco irregular na gravidez, é normal?

Muitas gestantes queixam-se do batimento cardíaco irregular na gravidez e questionam-se sobre esta alteração. Sabe se o ritmo cardíaco irregular na gravidez é normal? Venha descobrir com o Bebé a Bordo.

Existem vários tipos de desconforto comuns na gravidez, promovidos pelas alterações hormonais e físicas da gestação.

A arritmia – usualmente descrita pelas gestantes como um batimento cardíaco irregular – é muito comum na gestação. Estima-se, na verdade, que metade das mulheres grávidas sintam, em algum momento da gestação, um tipo de irregularidade no ritmo cardíaco. (1)

Apesar de ser muito comum nas mulheres grávidas, torna-se importante compreender o impacto desta irregularidade no batimento cardíaco, explorando as potenciais causas e formas de ação perante esta situação.

Venha saber se o ritmo cardíaco irregular na gravidez é normal, o que motiva esta situação e como agir perante ela.

Ritmo cardíaco irregular na gravidez, é normal?

Quais são as causas da arritmia na gravidez?

Não se sabe em concreto o que motiva o ritmo cardíaco irregular na gravidez. Ainda assim, esta situação atribui-se a fatores como o aumento dos índices de estrogénio e de beta HCG. 

Além destas hormonas, o aumento no volume de sangue no corpo da mulher pode também aumentar o funcionamento cardíaco, aumentando o seu ritmo e causando a arritmia.

As alterações no ritmo cardíaco da gestante são sempre iguais?

Não, os batimentos cardíacos irregulares na gestação podem provocar diferentes tipos de sensação e ser percecionados de formas diversas. Usualmente, as gestantes queixam-se de ardor no peito ou de palpitações na região do peito ou do pescoço.

Dependendo do ritmo cardíaco, a gestante poderá necessitar ou não de fazer medicação para a sua condição.

O tipo mais comum de arritmia na gestação é a taquicardia supraventricular. Raramente, pode ocorrer também fibrilação atrial, que se manifesta pelo aparecimento de sintomas como palpitações, fraqueza, dispneia ou pré-síncope. (2)

Como se trata o ritmo cardíaco irregular na gestação

Antes de mais, na perceção dos sintomas de um ritmo cardíaco irregular na gestação, a mulher deve consultar um médico para que sejam realizados os exames necessários e determinada a causa desta condição.

Na maioria das situações, não existe a necessidade de qualquer tratamento, sendo esta uma situação normal e benigna, que não é prejudicial para a futura mamã nem para o bebé. Nestes casos é usualmente recomendado repouso e também a inclusão de práticas como a massagem na artéria carótica ou a aplicação de gelo no rosto.

Ainda assim, noutras situações, os médicos poderão prescrever medicação para a arritmia. Esta é uma situação usualmente evitada, já que não existem estudos suficientes para comprovar a completa segurança deste tipo de medicação durante a gravidez. (3)

Notou um ritmo cardíaco irregular na gravidez? Consultou o seu médico por causa desta questão? Conte a sua história às restantes leitoras do Bebé a Bordo.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo