Protetor solar na gravidez, qual usar?

Protetor solar na gravidez

O Verão aproxima-se e, se já não os tinha, os pensamentos sobre o sol começam agora a chegar. A gestante pode e deve cuidar da sua pele e protegê-la. Ainda assim, durante a gravidez, é comum que surjam questões quanto aos produtos a utilizar.

Venha com o Bebé a Bordo saber a importância do protetor solar na gravidez e qual é o mais indicado nesta fase da vida.

Caso os cuidados de pele sempre tenham sido uma das suas preocupações, não os deixe de lado durante a gestação.

Os cuidados de beleza na gravidez são importantes para manter a autoestima da futura mamã e, no caso dos protetores solares, também para prevenir situações muito desagradáveis.

Durante a gravidez as perguntas que surgem sobre os cuidados de pele são diversos.

Passando pelos cremes autobronzeadores e pelos cuidados diários, estes estendem-se até ao próprio bebé e aos protetores solares que o bebé poderá utilizar mais tarde.

De permeio, claro, surge a mesma pergunta sobre as mamãs.

Afinal, será seguro utilizar protetor solar na gravidez?

A resposta a esta questão não é tão simples quanto pode parecer inicialmente. Por um lado, a importância deste cuidado é visível; por outro, existem produtos a evitar, devido às substâncias que a compõem.

Sabendo disto, hoje, decidimos debruçar-nos sobre o protetor solar na gravidez, para descobrir quais as mais-valias dos produtos, quais as indicações e cuidados a ter e também quais os protetores que deve escolher.

Acompanhe-nos para saber a importância do protetor solar na gravidez e qual será a sua melhor opção.

1. A gravidez e a proteção solar

Durante a gravidez, os cuidados com a pele são muito importantes e, dentro destes cuidados, não pode ser desconsiderado o papel do protetor solar.

A gravidez pode fazer com que a mulher note, devido às alterações hormonais, o aparecimento de manchas na pele.

Estas manchas, que resultam de uma maior pigmentação, tendem a desaparecer por si mesmas mas são uma das razões que demonstram a importância do uso de proteção solar na gravidez.

O fator solar destes produtos, para uma gestante, deve ser elevado, recomendando-se um SPF de 30 ou superior, sendo que a proteção deverá ser mais elevada caso a pele da gestante seja muito clara.

Por norma, tal como já é usual, recomenda-se, na gestação, o uso de produtos específicos de corpo e rosto e a consulta de um especialista de dermatologia para garantir que escolhe o produto mais indicado para o seu tipo de pele.

Além disto, na gestação, é necessário ter alguma atenção aos componentes dos produtos aplicados na pele, já que alguns destes podem ser absorvidos ou ter reações cutâneas adversas.

2. Benefícios do protetor solar na gravidez

Durante os meses de gravidez, a mulher deve proteger-se do sol. Para começar, é importante que evite as horas de maior calor (entre as 11 da manhã e as 4 da tarde) e que, nos momentos de exposição solar, não se esqueça de recorrer ao protetor solar.

Entre os benefícios do protetor solar na gravidez está a forma como este ajuda a proteger a pele, não só de eventuais queimaduras, mas também do envelhecimento precoce.

Além disso, a aplicação de um protetor solar na gravidez irá ajudar a evitar o agravamento das manchas (melasma) que surgem devido às alterações hormonais.

A proteção dos raios ultra-violeta é outra das razões pelas quais a gestante deverá usar este tipo de produto em momentos de proteção solar.

protetores solares farmacia turcifalense

3. Como escolher o protetor solar na gravidez

Apesar dos muitos benefícios do protetor solar na gravidez, é necessário que a gestante escolha com cuidado os produtos a aplicar.

Um estudo sueco demonstrou que substâncias comuns nestes produtos, como o benzilideno cânfora, o metilbenzilideno cânfora e o octocrileno são nocivos para as futuras mamãs, uma vez que permanecem na camada de gordura e não se sabe exatamente quais as formas como poderão afetar o decurso gestacional.

Além destes, produtos como a oxibenzona ou os retinóides são também desaconselhados para gestantes.

Recomenda-se, por isso, que as gestantes leiam atentamente os rótulos e descartem os produtos que contenham estes elementos na sua composição.

Indicados para a gestante serão os protetores solares com SPF entre 30 e 50, sendo ainda recomendado que, mesmo que não saia de casa, a mamã aplique um protetor com um SPF de 15.

Os melhores protetores solares na gravidez serão os que têm o dióxido de titânio ou o óxido de zinco como princípios ativos, tratando-se estes de protetores físicos, que agem como barreira, permanecendo sobre a pele em vez de serem absorvidos por esta.

Conhecia os melhores protetores solares para usar na gravidez? Cumpriu este ritual durante a sua gestação? Conte-nos como foi a sua experiência pessoal.

Algumas fontes: fitpregnancy  parents  dermatologiasp  revistacrescer famivita

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo