in

Natureza: um elemento fundamental para a dinâmica familiar

Natureza: um elemento fundamental para a dinâmica familiar

Independentemente da época do ano, a Natureza tem um papel fundamental nas rotinas familiares e é um local perfeito para acentuar a cumplicidade e conversar com os filhos. Compreenda, com o Bebé a Bordo, como pode usar o ar livre para estimular a comunicação e criar uma boa relação familiar.

Não é por acaso que muitos pais questionam a partir de que idade levar o bebé à praia ou quais os lugares perfeitos para um piquenique com crianças. De facto, o contacto com a Natureza é fundamental nas dinâmicas humanas e um elemento que pode melhorar muito a forma como a família se reúne e comunica.

Caminhadas na Natureza, aceitando as caraterísticas estivais do Verão ou o fresco do ar outonal, trará muitas vantagens para todos, ajudando a estabelecer uma relação mais íntima e criando o espaço perfeito para uma comunicação eficaz com os filhos.

Embora possa parecer senso comum, o facto é que esta ideia tem sido amplamente explorada pelos cientistas e que existem provas científicas em como o contacto com a Natureza pode contribuir para o bem-estar da família, e ajudá-lo a comunicar com os filhos de uma forma mais eficaz.

Venha compreender o que dizem os estudos sobre esta questão e mergulhar nos benefícios da Natureza para toda a família.

Estudos sobre Natureza e comunicação parental

Os aspetos da comunicação e do afeto foram o alvo do estudo liderado por Dina Izenstark na Universidade americana de San José e que resultou no estudo The affective and conversational benefits of a walk in nature among mother–daughter dyads. (1)

Neste estudo, a professora, especialista em desenvolvimento de crianças e jovens comprovou que o contacto com a Natureza ajuda a promover uma comunicação saudável entre pais e filhos, melhorando a atenção prestada à conversa e promovendo, em simultâneo, o relaxamento e o alívio da fadiga mental, tão caraterística do século XXI.

Este e outros estudos comprovam ainda que, além dos efeitos imediatos de uma caminhada na Natureza, os efeitos positivos da mesma se estendem posteriormente, ajudando em vários aspetos do quotidiano das crianças, incluindo a sua prestação escolar. (2)

Segundo os estudos, o sentimento de união pais-filhos é também acentuado nestes passeios ao ar-livre, estimulando uma boa relação familiar, que contribui para que se criem crianças bem adaptadas e felizes.

Escassez de Natureza e seus perigos

O Transtorno do Défice de Natureza é um termo cunhado pelo co-fundador da Children and Nature Network, Richard Louv e que se refere ao perigo que o acesso às novas tecnologias digitais como computadores, smartphones e tablets tem para as crianças, ao privá-las da experiência do mundo natural.

Segundo o autor, a psique infantil é estimulada pelas experiências humanas promovidas pelo ar livre e até alguns problemas físicos, como a própria obesidade, poderiam ser solucionados com este contacto frequente com a Natureza.

Segundo o autor, a privação da Natureza tem perigos intensos para as crianças, em particular, e a sociedade em geral, sendo que o estímulo das atividades ao ar livre podem estimular a imaginação, a criatividade, a inteligência e a felicidade das crianças. (3)

Costuma passear com os seus filhos na Natureza? Conte aos restantes leitores do Bebé a Bordo qual é a sua opinião sobre os passeios ao ar-livre.

Clique em uma estrela para avaliar.

Average rating 5 / 5. Votos: 1

ARTIGOS REMOMENDADOS

Escrito por Bebé a Bordo

Saiba mais sobre maternidade, gravidez, bebé e desenvolvimento infantil, com os nossos artigos. Traga o bebé a bordo e veja o que preparamos para si!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Jovens e redes sociais: como ensinar aos filhos um uso responsável

Jovens e redes sociais: como ensinar aos filhos um uso responsável