Leite adaptado: o que fazer quando o bebé o recusa?

 O leite adaptado é uma parte importante da alimentação do bebé. Então, o que fazer quando o bebé recusa este leite? Conheça a resposta para esta questão com o Bebé a Bordo.

alimentação do bebé é fundamental para garantir a sua nutrição e saúde. Evidentemente, parte deste processo alimentar é o leite.

Apesar dos esforços dos pais e da procura pelas melhores dicas para o bebé comer melhor, a verdade é que nem sempre a criança aceita bem o leite adaptado e que esta situação causa ansiedade nas mamãs e papás.

Uma vez que o leite é um dos principais elementos da alimentação do bebé, importa compreender quais os potenciais motivos desta recusa e quais as soluções e alternativas que os pais podem utilizar.

Leite adaptado: o que fazer quando o bebé o recusa?

As principais razões da recusa do leite adaptado

O seu bebé poderá estar a recusar o leite adaptado por diversas razões. As mais comuns são situações como o refluxo e as dores associadas ao mesmo; o sabor de uma determinada marca de fórmula láctea para crianças ou simplesmente o facto de não gostar do sabor do leite. Estas situações podem passageiras ou mais persistentes, dependendo da criança. (1)

Condições temporárias, como uma eventual doença do bebé podem, também, promover uma recusa do leite adaptado durante o tempo do mal-estar. 

A recusa do leite adaptado é preocupante?

Sim. Esta recusa pode ser eventualmente preocupante, já que o leite do bebé é fundamental para a sua nutrição.

Perante a recusa do leite adaptado, os pais devem tentar voltar a introduzir o leite para evitar que a criança possa vir a ter algum tipo de défice nutritivo.

Quais as estratégias alternativas quando o bebé recusa o leite?

Antes de tudo o resto, se notar que o seu bebé está a recusar o leite adaptado, é muito importante que contacte o pediatra, para que este possa fazer uma melhor avaliação da situação. Além de poder encontrar algum tipo de problema de saúde, este poderá sugerir algumas alternativas para minorar situações como o refluxo ou para estimular o bebé a beber o leite adaptado. (2)

A introdução de outras alternativas lácteas, como as papas, os iogurtes ou o queijo, poderão também ajudar o seu filho a ingerir os nutrientes necessários.

Além disso, se o problema do bebé for com uma marca de leite específica, poderá ter todas as vantagens em experimentar outras alternativas do mercado ou até solicitar amostras de várias marcas para compreender como é a aceitação do bebé a cada uma delas. (3)

Alguma vez passou por este tipo de situação. Conte aos restantes leitores do Bebé a Bordo se o seu filho recusou o leite adaptado e o que fez perante esta situação.

ARTIGOS REMOMENDADOS

One Response

  1. Lilian eduardo

Comente este artigo