Crianças podem consumir Geleia de agave, substitui o açucar?

A procura por alternativas ao açúcar para os mais novos é comum. A geleia de agave é, aqui, uma opção questionada. Será que as crianças podem consumir geleia de agave? Venha saber com o Bebé a Bordo.

O açúcar na infância preocupa os pais. Além de ser desaconselhado para crianças até aos 2 anos, este produto alimentar chega a ser equiparado ao álcool e está associado a vários problemas de saúde, havendo estudos que associam, até, o consumo de açúcar e o cancro.

Neste momento, alternativas como a stevia ou o xarope de agave podem parecer apelativos para os pais, como substitutos do açúcar. Apesar de parecer uma melhor opção, no entanto, os pais continuam a levantar questões quanto ao consumo destes produtos alimentares e, em especial, da geleia de agave.

Sabe se as crianças podem consumir geleia de agave? Leia o artigo para descobrir a resposta.

Crianças podem consumir Geleia de agave

1. O que é o agave?

O agave é uma planta originária do México e que, desde a antiguidade, é aclamada pelo seu potencial enquanto adoçante e pelas propriedades medicinais. (1)

Embora o povo Asteca já utilizasse a planta, ela está a ganhar mais expressão na atualidade, por ser considerada um substituto do açúcar.

A planta é aclamada pela sua versatilidade e por ser integralmente utilizada: desde as folhas, ao caule e passando pela seiva.

2. As crianças podem consumir geleia de agave? Substitui o açúcar?

Não existe um consenso quanto ao consumo de xarope de agave pelas crianças. Segundo os especialistas, sendo este um produto natural e sendo feito um consumo moderado, o mesmo não deverá ser nocivo para os mais novos. Esta teoria acredita que, sendo o extrato natural de uma planta, o xarope de agave poderá apresentar benefícios face ao açúcar. (2)

Esta teoria não impede que exista uma preocupação com as elevadíssimas quantidades de frutose contidas na geleia de agave e com a sua riqueza calórica.

O consumo de frutose em excesso pelas crianças pode ser responsável pela criação de uma resistência à insulina, uma vez que a frutose é mais facilmente metabolizada pelo fígado. Isto pode, como relembram os especialistas, ser nocivo para as crianças. (3)

Além disso, e na mesma sequência de pensamento, é ainda necessário recordar que algumas crianças são altamente intolerantes à frutose, o que torna pertinente uma conversa com o médico antes de dar este produto alimentar ao seu filho. (4

3. Quais os benefícios da geleia de agave?

Apesar de todos os medos em torno do consumo de xarope de agave pelas crianças, vale a pena referir alguns dos seus benefícios. Destacamos: (5)

– Agrada tanto às crianças quanto o açúcar,
– Elevado teor de ferro, magnésio e potássio;
– Prevenção de fraturas e da desmineralização óssea;
– Promove a saciedade.

Costuma dar geleia de agave ao seu filho? Qual é a sua experiência com este produto alimentar? Partilhe a sua experiência com os demais leitores do Bebé a Bordo

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo