in ,

Restrições à oferta alimentar nas escolas: conheça as novas normas

Restrições à oferta alimentar nas escolas: conheça as novas normas

Novas medidas de restrição à oferta alimentar nas escolas públicas foram recentemente apresentadas, limitando os alimentos presentes em cantinas, bares e máquinas de venda destes estabelecimentos. Conheça as novas normas com o Bebé a Bordo.

Os pais têm uma preocupação com a saúde das crianças e a alimentação faz, evidentemente, parte deste processo. À medida que a obesidade infantil se tornava um problema do nosso século, a procura por alternativas para uma lancheira escolar saudável tornou-se mais comum. 

Ao longo dos anos, acompanhando esta tendência para oferecer produtos alimentares mais saudáveis levou o governo a apresentar propostas cada vez mais restritivas, que limitam de forma substancial a variedade de alimentos oferecidos pelos bares, cantinas e máquinas de venda escolares.

Ainda que existam inúmeras razões para apostar em receitas variadas para os seus filhos, o facto é que, já a partir do próximo ano letivo, existirão menos opções nos espaços de alimentação das escolas, o que pode apresentar-se como mais um fator de ansiedade para o seu filho no regresso às aulas.

Ainda que existam vários argumentos a favor das restrições, incluindo os que se relacionam com o peso e a saúde das crianças, algumas vozes têm argumentado que as restrições são excessivas, na medida em que proíbem a venda de mais de 50 alimentos e que não são suficientes para que exista uma educação alimentar, fundamental para que se promova, em efetivo, uma mudança de hábitos. (1

Para que possa, de forma informada, formular a sua própria opinião, deixamos-lhe a informação sobre o que mudará na disponibilização de alimentos nas escolas.

Restrições à oferta alimentar nas escolas: conheça as novas normas

Alimentação nas escolas: o que mudou?

A informação sobre o que muda na oferta das escolas foi apresentada pelo despacho n.º 8127/2021, publicado em Diário da República, no n.º 159/2021, Série II, a 17 de Agosto pelo Gabinete do Secretário de Estado Adjunto e da Educação. (2
Abaixo, apresentaremos as principais restrições e permissões expressas no referido despacho.

Produtos que não podem ser oferecidos pelas escolas

Segundo o disposto no artigo, será proibida a venda de um elevado número de artigos alimentares, considerados menos sadios e, eventualmente, prejudiciais para a saúde das crianças. 

Entre os artigos que passam a estar restritos em bufetes escolares, destacam-se os artigos de pastelaria doce e folhada, os salgados, os artigos de charcutaria e sandes com molhos, as bolachas, biscoitos, chocolates, gelados e goluseimas.

Passa ainda a estar proibida a venda de snacks doces e salgados, de refrigerantes, de barras de cereais e de monodoses de cereais de pequeno-almoço, de sobremesas doces e de refeições rápidas, como pizas, cachorros, hambúrgueres e lasanhas.
A venda de bebidas alcoólicas continua também restrita.

Alimentos sugeridos e de oferta obrigatória nas escolas

Por outro lado, o mesmo despacho determina que a escola deverá disponibilizar pacotes de leite simples, iogurtes naturais, pão (preferencialmente integral e com redução de sal), sopas, saladas, produtos hortícolas, fruta (fresca e desidratada sem açúcar) e frutos oleaginosos.

Da oferta podem ainda fazer parte queijos curados, pão recheado com atum, queijo, fiambre de aves, ovo e pastas de produtos de origem vegetal à base de leguminosas ou frutos oleaginosos.

Entre as bebidas a oferecer constam as bebidas vegetais sem adição de açúcar, os sumos com 50% ou mais de fruta, as tisanas sem açúcar e a água, sendo que esta última deverá ter opções de fornecimento gratuitas

Qual é a sua opinião sobre as novas restrições para a venda de produtos alimentares nas escolas? Partilhe com os restantes leitores do Bebé a Bordo nos comentários.

Clique em uma estrela para avaliar.

Average rating 5 / 5. Votos: 1

ARTIGOS REMOMENDADOS

Escrito por Bebé a Bordo

Saiba mais sobre maternidade, gravidez, bebé e desenvolvimento infantil, com os nossos artigos. Traga o bebé a bordo e veja o que preparamos para si!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings

Receita de Piza carbonara sem lactose ideal para crianças

Receita de Piza carbonara sem lactose ideal para crianças

Piza de cacau e banana uma receita saudável para crianças

Piza de cacau e banana uma receita saudável para crianças