in

Engravidar na menopausa, será possível?

Engravidar na menopausa

Engravidar na menopausa, a maior parte das mulheres responderá que não é possível.

O ritmo de vida e a exigência quotidiana da nossa era tem muitas consequências sociais.

A maternidade é, também, afetada por estas e é cada vez mais comum ouvirmos falar de gestantes perto dos quarenta anos ou até em faixas etárias superiores.

Esta tendência para ter filhos mais tarde é provocada por fatores diversos, onde se incluem alguns de ordem económica e profissional – como a necessidade de conquistar uma vida mais estável antes da maternidade – e outros ligados a escolhas de vida – cada vez mais casais optam por viver a dois experiências desejadas como férias e viagens, antes de decidirem ter filhos.

Sabendo que, a partir de determinada idade, a gravidez pode tomar contornos mais complicados, são muitas as mulheres que temem ter “passado o limite de validade” no que respeita à sua vida fértil.

Esta ideia, associada aos mitos da entrada na menopausa, fazem com que muitas sintam que já não têm a oportunidade de vir a ser mamãs.

Da mesma forma, são muitas as mulheres que, acreditando na impossibilidade de engravidar depois da entrada na menopausa, descuram a utilização de meios contracetivos, vendo-se a braços, depois, com uma gravidez tardia e indesejada.

Tenha sido planeada ou não, a verdade é que engravidar na menopausa é um tema que gera dúvidas e preocupações entre as mulheres, tornando-se importante a desmitificação das ideias que se perpetuam.

Hoje, é sobre este tema que nos debruçaremos para descobrirmos mais sobre esta fase da vida da mulher, se é possível engravidar na menopausa e como é vivida uma gestação durante este período.

1. Da menopausa à gravidez

A menopausa pode ser definida como o período de 12 meses consecutivos que a mulher passa sem ter a sua menstruação.

Por norma, este período ocorre entre os 48 e os 52 anos, havendo casos, no entanto, em que é mais precoce.

Depois de ter tido a menopausa, a mulher terá terminado o período fértil e reprodutivo da sua vida e, através dos meios tradicionais, a gravidez não será, já, uma opção provável.

Ainda assim, a entrada na menopausa não se dá sem um período de transição, vulgarmente conhecido como climatério, que marca, de alguma forma, a entrada na menopausa.

Desta fase fazem parte alguns dos mais conhecidos sintomas: os afrontamentos (ondas de calor), dores de cabeça, alterações de humor e períodos menstruais irregulares.

Quando estes sintomas surgem é comum que a mulher diga que está “a entrar na menopausa” e, levada pela expressão, poderá ter a ideia incorreta de que engravidar já não é uma opção.

Isto não é verdade!

Durante a fase de climatério, uma mulher que não esteja a utilizar métodos contracetivos ou feito uma laqueação das trompas terá a possibilidade de engravidar na menopausa, contando que tenha relações sexuais.

Assim, é muito importante, se não desejar esta gestação tardia, que use métodos contracetivos.

2. Engravidar na menopausa: como é?

Durante o climatério, geralmente, a mamã irá viver uma gravidez de risco.

Por norma, quando a mulher está a entrar na menopausa, a gravidez é descoberta de forma mais tardia, já que a menstruação se apresenta naturalmente irregular e a ausência do período menstrual pode não ser sintomática de gravidez.

Ainda assim, a mulher ainda notará alguns dos sintomas mais comuns: enjoos, fadiga ou alterações de humor.

Ao descobrir a gestação, numa gravidez tardia e durante o climatério, a mulher deve procurar de imediato ajuda clínica, já que o acompanhamento pré-natal é imprescindível.

Por norma, esta visitará o médico mensalmente para garantir o correto desenvolvimento do feto e a saúde tanto do bebé como da mamã.

Nestes casos, a gestante tem uma maior probabilidade de vir a ter eclampsia, diabetes gestacionais ou um parto prematuro. É também mais comum a ocorrência de abortos espontaneos e o aparecimento de síndromes no bebé.

3. Opções de vida

Apesar dos riscos, algumas mulheres desejam engravidar depois da entrada no climatério.

Embora, como vimos, tal não seja impossível, fertilidade feminina reduz significativamente a partir dos 40 anos, estimando-se que, a partir desta idade, reduza cerca de 10% a cada mês.

Alguns especialistas, no entanto, indicarão alguns tratamentos de reprodução assistida ou in vitro nestas circunstâncias, sendo que o acompanhamento durante a gestação que deles decorre é fundamental para uma gravidez saudável.

Por outro lado, algumas mulheres não têm o desejo de viver uma gestação nesta fase da sua vida, sendo fundamental que, durante o climatério, seja mantido um meio de contraceção como a pílula ou o preservativo.

banner farmaciavitoria.pt

Engravidou ou conhece alguém que tenha vivido uma gestação após a entrada no climatério? Como foi engravidar na menopausa? Conte-nos a sua experiência pessoal.

Algumas fontes:
netdoctor
tuasaude

Poderá gostar de ler também:

Engravidar depois dos 35 anos, vantagens e riscos

Clique em uma estrela para avaliar.

Average rating 5 / 5. Votos: 1

ARTIGOS REMOMENDADOS

Escrito por Bebé a Bordo

Saiba mais sobre maternidade, gravidez, bebé e desenvolvimento infantil, com os nossos artigos. Traga o bebé a bordo e veja o que preparamos para si!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

4 Comments

  1. Estou fazendo menopausa e desde novembro de 2015 nunca mais tive menstruação. É possível eu ficar grávida naturalmente ? Não quero mais me engravidar. Não tenho mais chances nenhuma né? Em novembro vai fazer 3 anos sem menstruar, mas estou passando pelo climatério e outros sintomas .

  2. Minha vizinha na época com 42 anos e sem menstruar a mais de 3 anos com o marido doente acamado e sem ereção algumas vezes com tudo isso eles mantiveram relação só sarrinhos pois o pênis dele não ficava mais ereto ela sentiu sua barriga grande mexendo muito resoveu ir ao medico chegando la o medico colocou o aparelho em sua barriga e ai foi a descoberta mais impressionante da gravides isso já na faze da gestação aos 7 meses sem saber que estava gravida foi um susto enorme pois o marido dele nao tinha ereção alguma eles so esfregavam um no outro e aconteceu isso hoje a menina é saudavel nasceu perfeita sem nunhum problema e a mae tambem o pai faleceu deois disso e a criança nasceu a cara dele

resguardo no pós-parto

Resguardo no pós-parto, será possível engravidar?

tratamentos de SPA na gravidez

Tratamentos de SPA na gravidez, serão seguros?