5 livros infantis que não conhece (mas devia!)

 Os livros infantis são uma excelente forma de promover o desenvolvimento do seu filho. Dos clássicos às novidades existem inúmeras opções maravilhosas para estimular a imaginação, a criatividade, a cognição e o próprio sonho nas crianças.

Venha com o Bebé a Bordo descobrir 5 livros infantis que provavelmente não conhece (mas devia!). 

Diz uma expressão popular que “de pequenino se torce o pepino”. Esta lógica diz-nos, claramente, que os melhores hábitos e escolhas são aqueles que se implementam em tenra idade. Isto é, também, verdade para os hábitos de leitura. 

Alguns estudos têm feito descobertas que aliam a leitura e o desenvolvimento da criança. Os seus resultados demonstram, por exemplo, que ler em voz alta faz bem ao cérebro da criança, apontando ainda para os benefícios deste hábito para o desenvolvimento emocional do bebé e para o seu desenvolvimento cognitivo

Estimular o gosto pela leitura na criança é uma forma de ajudar a criar, nesta, algumas competências sociais fundamentais, como a capacidade de entender o mundo, de interpretar as situações ou de criar estruturas de empatia. Além disso, a leitura ajuda ainda a desenvolver a imaginação da criança e ajuda-a a criar sonhos e ambições para a vida. 

Sendo um dos aspetos que ajuda a criar filhos bem adaptados e saudáveis, ler torna-se muito importante no quotidiano da criança. E, claro, a escolha de bons livros pode também ser útil para garantir que o seu filho aproveita ao máximo os benefícios da leitura. 

Alguns livros fazem, indubitavelmente, parte da infância. Contos de fadas, contos tradicionais e livros de autores do cânone entram nesta lista. Ainda assim, menos conhecidos do grande público, existem outros que, pela sua qualidade e pelas temáticas abordadas, podem ser integrados na lista de leituras para o seu filho. 

Se quer saber algumas das sugestões de livros que provavelmente ainda não conhece, veja a lista que preparámos para si. 

livros infantis que não conhece (mas devia!)

1. “O Museu do Pensamento”, de Joana Bertholo

“O Museu do Pensamento” foi um livro escrito por Joana Bertholo e que conta com belíssimas ilustrações pela mão de Pedro Semeano e Susana Diniz. 

O livro aborda, de uma forma divertida e dirigida aos mais pequenos, vários aspetos sobre o pensamento. Levados pelo guia Miguel, a obra faz-nos questionar para onde vão os pensamentos depois de os pensarmos e qual a relação entre os pensamentos e as questões emocionais. Trata-se de uma viagem ao mundo dos pensamentos, onde muitas perguntas prometem deixar o seu filho a pensar… 

Em 2018, este livro recebeu o Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA)para o Melhor Livro Infanto-Juvenil. 

2. “Cada coisa” de Eucanaã Ferraz

O livro “Cada coisa” é um livro de poesia infantil que questiona como o mundo em nosso redor pode ser mote para que se escrevam poemas. 

Partindo de objetos simples, como pregos e canivetes, o livro abre espaço para 66 poemas que, de forma envolvente, nos fazem compreender que a poesia está em toda a parte. 

Este livro conta com ilustrações de Eucanaã Ferraz e Raul Loureiro. 

3. “O Tomás vai ao canil”, de Elisa Pereira

A autora Elisa Pereira leva-nos até ao mundo dos animais, explorando a difícil temática dos animais de canil, de uma forma ténue e inteligente, especialmente orientada para os mais novos. 

Partindo da personagem principal, Tomás, e da forma como este se apaixona pela cadelinha de um dos seus amigos; somos levados até ao mundo dos animais de estimação e da escolha dos companheiros de quatro patas. 

Além de se tratar de uma obra que abre portas ao pensamento crítico e à partilha, “O Tomás vai ao canil” é, ainda, uma obra solidária, sendo que uma parte dos direitos de autor reverte a favor da União Zoófila. 

O livro conta com ilustrações pela mão de Tiago Leal. 

4. “Teodorico e as Mães Cegonhas” de Ana Zanatti 

Talvez um pouco mais famoso do que os anteriores mas ainda desconhecido de muitos está o livro de Ana Zanatti “Teodorico e as Mães Cegonhas”. 

Com uma narrativa simples e envolvente, a história conta a história de duas cegonhas que acolhem um bebé. Esta história de adoção por duas “mães cegonha” abre a porta ao pensamento sobre a homoparentalidade, enquadrando-se perfeitamente numa das temáticas mais discutidas do nosso tempo. 

5. “Antes que a Terra fuja” de Julieta de Godoy Ladeira

Julieta de Godoy Ladeira traz-nos “Antes que a Terra fuja”, uma narrativa infantil brilhante onde a fantasia e a realidade dão as mãos, para nos alertar para os problemas ambientais. 

De uma forma leve, o livro conta-nos que a Terra gosta muito da Lua, os anjos a até as estrelas mas, apesar disso, tem medo das pessoas. Trata-se de uma narrativa sobre a tristeza do planeta face à destruição promovida pelo homem, que demonstra a importância de cuidarmos melhor dele. 

Uma história fantástica para lermos aos nossos filhos. 

Já conhecia algum destes livros infantis? Qual é o que lhe parece mais interessante para incluir nas leituras do seu filho? Conte a sua opinião aos restantes leitores do Bebé a Bordo. 

PASSATEMPO DE PÁSCOA BEBÉ A BORDO

Passatempo no facebook, clica na imagem abaixo

passatempo bebeabordo.pt
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo