Grávida pode comer azeitonas, causa hemorróidas?

Grávida pode comer azeitonas

Em Portugal, é quase tradição que se sirvam as azeitonas como entrada ou no topo do bacalhau à Brás, a ornamentar os pratos, a complementar as saladas ou somente como um aperitivo.

Se comê-las é, para a maioria das pessoas, um ato despreocupado, para uma gestante, este levanta questões diversas e culturalmente sustentadas.

Saiba se a grávida pode comer azeitonas.

O pensamento poderia ser este: se o azeite vem da azeitona e o seu consumo é bom para a gestante… a azeitona será, também, um bom alimento para integrar na rotina alimentar da futura mamã.

Ainda assim, como provavelmente saberá, este tipo de ilação não pode (ou pelo menos não deve!) ser feita.

Entre mitos e realidades, a verdade é que a azeitona se tem apresentado, ao longo dos anos, como um dos alimentos desaconselhados na gestação.

São muitas as pessoas que insistem que a grávida não pode comer azeitonas sem saberem explicar concretamente a razão pela qual este deve ser evitado.

A sua associação a alguns problemas de saúde, como as hemorróidas, faz deste um alimento que assusta quem quer prevenir ou tratar as hemorróidas na gravidez, temendo que o seu consumo possa ser prejudicial para o sistema gastrointestinal.

Partimos, daqui, para a descoberta das razões pelas quais a azeitona tem tão má fama durante a gestação.

Acompanhe-nos para saber se a grávida pode comer azeitonas.

consumo de azeitonas na gestação

1. As azeitonas

O consumo de azeitona tem vários benefícios. Este fruto é, na realidade, uma fonte extraordinária de niacina, de vitaminas (A, E, C e K) e também constitui um antioxidante natural.

Desta forma, o consumo de azeitonas pode ajudar a regularizar o sistema hormonal, a reduzir os danos celulares; a impulsionar o funcionamento do metabolismo e da visão e a combater constipações e gripes.

Além disto, as azeitonas ajudam ainda a regular os índices de mau colesterol.

Por norma, comer azeitonas é desejável, sendo este um elemento rico e cujo consumo traz inúmeras mais-valias.

Ainda assim, este alimento apresenta, também, alguns constrangimentos, que se tornam duplamente importantes durante a gestação.

2. Azeitonas na gravidez

A ideia de que a grávida pode comer azeitonas devido aos benefícios enunciados poderia parecer, numa primeira instância, bastante acertada.

Ainda assim, antes de avançar para o consumo deste alimento, a futura mamã deve ter igualmente em contra as desvantagens e problemáticas associadas às azeitonas.

O consumo de azeitonas tende a afetar os intestinos da gestante. Neste ponto, torna-se necessário ter em consideração que nem todas as azeitonas são iguais.

Assim, enquanto que as azeitonas pretas tendem a agir como laxantes naturais, promovendo o bom funcionamento dos intestinos; as azeitonas verdes têm o efeito contrário, podendo levar à prisão de ventre e, por conseguinte, também às hemorróidas.

Sendo, por norma, conservadas num líquido sódico, estas azeitonas acabam por integrar em si grandes quantidades de sal o que, além de poder, também, promover as hemorróidas, pode ser prejudicial para as futuras mamãs que tenham a tensão elevada, contribuindo para o surgimento da hipertensão gestacional.

3. Grávida pode comer azeitonas?

Entre benefícios e desvantagens, surge, então, a pergunta: mas, afinal, a grávida pode comer azeitonas?

A verdade é que, sendo a gestação uma fase onde tipicamente surgem problemas como a obstipação, as hemorróidas e a hipertensão, o consumo das azeitonas acaba por ser, de facto, desaconselhado.

Em todo o caso, se o fizer com muita moderação e com cuidado, pode comer esporadicamente algumas azeitonas.

Neste caso, tenha o cuidado de as lavar bem ou de as deixar em água por algum tempo para remover uma parte do sal.

É ainda importante que, antes de consumir azeitonas, fale com o seu médico ou nutricionista sobre esta questão.

Acredita que a grávida pode comer azeitonas? Comeu azeitonas durante a sua gravidez? Conte-nos a sua experiência pessoal.

Algumas fontes: mentesacorposao  fawesome  urbanbaby

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo