Grávida pode beber chá de gengibre? Tire as suas dúvidas

Grávida pode beber chá de gengibre

Os chás levantam muitas questões entre as gestantes.

Sabendo como algumas infusões podem ser nocivas durante a gravidez, muitas futuras mamãs procuram encontrar mais informação sobre as diversas ervas e componentes dos chás, para saberem quais são seguros e quais devem ser evitados nesta fase das suas vidas.

O gengibre é um dos ingredientes que levanta questões entre as mulheres grávidas. Saiba se a grávida pode beber chá de gengibre.

O mundo dos chás é, sem dúvida, um dos que mais levanta questões entre as mulheres grávidas.

Sabe-se, pois, que entre a informação que pode ser encontrada com alguns cliques, colide informação contraditória, sendo possível encontrar textos que perpetuam mitos antigos e sem rigor científico e estudos lançados pelas melhores comunidades clínicas do mundo.

Algures, entre estes, a informação perpassada torna-se confusa, o que faz com que exista um medo algo prorrogado sobre o que a gestante pode ou não ingerir.

Sabe-se, claro, que infusões como o chá de limão ou o chá de camomila são seguros para a gestante e que, por exemplo, o chá verde deve ser consumido com moderação.

Também as ligações do chá de canela e hortelã a complicações na gestação é conhecido entre as gestantes. No que respeita ao gengibre, no entanto, as questões são muitas e permanecem.

O maior medo das mamãs é que o consumo deste chá possa, como antigamente se acreditava, ter uma ação abortiva ou prejudicar, de outra forma, o correto desenvolvimento do feto ou o decurso da gestação.


Sabendo deste medo das mamãs, decidimos debruçar-nos sobre esta questão para descobrirmos se a grávida pode beber chá de gengibre, bem como quais são, efetivamente, os benefícios e as problemáticas e/ou restrições relacionadas com o seu consumo.

Siga connosco para saber se a grávida pode beber chá de gengibre.

Grávida pode beber chá de gengibre

1. O gengibre e a sua composição

O gengibre está recheado de nutrientes benéficos para a saúde. Na sua composição constam elementos antioxidantes e anti-inflamatórios que ajudam a eliminar as toxinas do corpo e a reforçar o sistema imunitário.

Além disto, contendo diversos elementos termogénicos, este é um ativador metabólico, contribuindo para um corpo saudável e enérgico.

Esta raiz conta ainda com vitaminas, entre as quais a vitamina B6, tendo ainda potássio, cobre e magnésio. Embora tenha diversos usos, os mais conhecidos são enquanto especiaria (em pó) e em infusões.

gengibre

2. Benefícios do consumo de chá de gengibre

Apesar de se perpetuar, entre as gestantes, o medo de que o chá de gengibre possa ser nocivo para a mamã e o bebé, a verdade é que, com a devida moderação, a grávida pode beber chá de gengibre e que este chá apresenta, até, inúmeros benefícios.

Entre os principais motivos pelos quais a grávida pode beber chá de gengibre encontra-se o facto de este chá ajudar a minorar as dores musculares e nos ossos, que surgem a partir do meio da gravidez e tendem, por norma, a piorar à medida que a gestação avança.

Além disto, o gengibre é uma forma natural de controlar os níveis de glicose no sangue, ajudando a prevenir e tratar situações de glicemia elevada e, por consequência, a diabetes.


A grávida pode ainda beber chá de gengibre para ajudar o corpo na absorção dos nutrientes ingeridos.

A par com uma alimentação saudável, o chá de gengibre irá promover a absorção dos nutrientes cedidos pela restante alimentação, garantindo que o corpo da gestante recebe todos os benefícios que estes carregam consigo.

Muitas mamãs encontraram, ainda, no consumo de chá de gengibre, um verdadeiro aliado contra as náuseas gestacionais, estando provada a sua ação na melhoria dos enjoos matinais.

A circulação sanguínea da gestante poderá, também, melhorar com o consumo deste chá, ajudando, assim, no alívio da sensação de cansaço que é tão comum durante este período.

Por fim, o chá de gengibre irá ajudar a reduzir a flatulência durante a gestação e a melhorar o sistema imunitário da gestante, ajudando no reforço das suas defesas naturais.

3. Problemas associados ao consumo de chá de gengibre

Embora a grávida possa beber chá de gengibre, o seu consumo deve ser moderado.

A moderação torna-se particularmente importante uma vez que, entre as caraterísticas deste chá se encontra o papel na perda de peso, uma vez que a sua ação é saciante; e também o aumento da tensão arterial.

Os especialistas desaconselham, por norma, o consumo deste chá a pessoas que sofram de hipertensão ou problemas digestivos (como úlceras), sendo ainda recomendado que este chá não seja tomado no final da gestação, uma vez que pode provocar contrações prematuras.

Assim, embora o consumo do chá seja permitido e desejável, dentro dos limites aceitáveis e moderados, o seu excesso pode causar problemas à gestante.

A dose máxima que poderá consumir, durante a gestação, é de duas chávenas por dia.

Consumiu chá de gengibre durante a gravidez? Sabia que a grávida pode beber chá de gengibre? Conte-nos se bebeu este chá quando estava grávida e qual a quantidade que tomava.

Algumas fontes: momjunction  webmd  infobaby

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

One Response

  1. Ludmila

Comente este artigo