Chá de tília na gravidez faz mal?

Sabe se o chá de tília na gravidez faz mal? Conhece as razões que tornam esta infusão tão comum potencialmente perigosa para a gestação? Se não sabe, este é o momento certo de vir, juntamente com o Bebé a Bordo, descobrir as razões pelas quais o chá de tília na gravidez faz mal. 

Os chás e infusões na gravidez podem ser perigosos. Feitas a partir de plantas diversificadas, estas bebidas têm propriedades que podem colocar em risco o normal decurso gestacional, fazendo com que surjam complicações. 

Desta forma, é natural que as futuras mamãs guardem algumas questões sobre os benefícios e malefícios das várias infusões que têm na sua casa. 

O consumo de chá de limão ou de chá de cidreira são exemplos de infusões que, com alguma moderação, a gestante poderá tomar. Ainda assim, outros, como o chá de sene ou o chá de arruda oferecem riscos desnecessários e devem ser evitados. 

Saber concretamente quais as infusões mais ou menos seguras será muito importante no momento de fazer as suas escolhas durante a gravidez. 

Um dos chás que, por norma, todas temos em casa é o chá de tília. A sua ação calmante, juntamente com o sabor aromático, fazem desta infusão uma das grandes favoritas para muitas mulheres. Ainda assim, tem a certeza de que pode bebê-lo durante a gravidez? Ou será que, na verdade, chá de tília na gravidez faz mal? 

Se não sabe quais os perigos do consumo do chá de tília e quer garantir a total segurança do seu bebé ao longo dos meses de gestação, não deixe de vir saber porque razão o chá de tília na gravidez faz mal. 

Chá de tília na gravidez

1. O que é a tília?

A tília – cujo nome científico é Tilia cordata Mill – trata-se uma planta medicinal, proveniente do norte da Europa, da Ásia e da América. Esta planta tem sido muito aclamada pelos seus usos clínicos, nomeadamente no que diz respeito às suas funções calmantes, antidepressivas e sedativas. 

Trata-se de uma planta utilizada para fazer infusões e que é utilizada no tratamento de situações como febre, dores de estômago, problemas de ansiedade, insónias, tensão alta, problemas digestivos, gripes e constipações. (1

Como é feito o chá de tília?

Para fazer chá de tília deverá ferver a água. Quando esta estiver a ferver, deve desligar o fogão e adicionar 2 gramas de folhas por cada 150 ml de água. Abafe a mistura por cerca de 10 minutos antes de servir. 

Quanto chá de tília posso beber?

A dosagem recomendada de tília é de 2 gramas da planta por cada 150 ml de água. 

Não devem ser bebidas mais do que duas chávenas diárias, com pelo menos 12 horas de intervalo entre elas. 

Estas doses dizem respeito a um adulto saudável e excluem grávidas e pessoas com problemas crónicos de saúde. 

Quais as principais propriedades do chá de tília?

O consumo de chá de tília apresenta vários benefícios para o organismo, proveniente das suas ações e propriedades. (3) As principais propriedades do chá de tília para o organismo são: 

– Calmantes e sedativas; 
– Antidepressivas; 
– Analgésicas; 
– Adstringentes; 
– Anti-inflamatórias; 
– Antioxidantes; 
– Diaforéticas; 
– Digestivas; 
– Antiespasmódicas. 

2. Chá de tília tem alguma contraindicação?

Os benefícios do chá de tília para o organismo não impedem, no entanto, que existam, igualmente, efeitos secundários e contraindicações associados ao seu consumo. 

Além de existir algum risco de que se seja alérgico a esta planta; ela é usualmente desaconselhada a pessoas que sofram de problemas cardíacos e digestivos. (2

É ainda desaconselhado o seu consumo a qualquer pessoa que esteja a fazer medicação anticoagulante, já que existe o risco de que os efeitos da tília, a par com este tipo de medicação, gerem fortes hemorragias. 

O chá de tília é também desaconselhado durante a gravidez e a lactação, como veremos adiante. 

3. Chá de tília na gravidez faz mal?

A menos que existam indicações claras de um médico em como deve consumir chá de tília, com a respetiva indicação das quantidades, o melhor será evitar esta infusão durante a gravidez. 

Além dos efeitos efetivos do chá de tília na gravidez estarem pouco estudados – o que, desde logo, constitui um risco – sabe-se que os efeitos químicos desta planta são potencialmente tóxicos para determinadas células, o que cria o risco efetivo de intoxicar o embrião. (4

Sabe-se ainda que o chá de tília pode interagir de forma nociva quando combinada com determinados tipos de medicação e que esta tem um efeito na redução da tensão arterial. Estas situações podem, consoante o estado da gestante e as suas caraterísticas, prejudicar o normal curso da gravidez. 

Assim, o chá de tília na gravidez não é recomendado. Se desejar ingerir este chá, o melhor será demonstrar esta intenção ao seu médico e seguir as suas recomendações. 

Sabia que o chá de tília na gravidez faz mal? Conhecia os perigos deste consumo? Conte aos restantes leitores do Bebé a Bordo quais os chás que bebia durante a sua gravidez. 

Poderá gostar também de:

Comer gelados na gravidez

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo