Petéquias de esforço na pele do bebé, o que fazer?

Petéquias de esforço na pele do bebé

As preocupações com a pele do bebé são frequentes para as mamãs, principalmente quando se trata da primeira experiência maternal.

Borbulhinhas ou manchas podem surgir na pele das crianças e, se não souber as causas, estas podem, de facto, ser assustadoras. Sabe o questão as petéquias de esforço na pele do bebé e o que fazer perante as mesmas?

Venha descobrir com o Bebé a Bordo.

A pele é o maior órgão do corpo e a sua capacidade de proteção e regulação vai muito além do que se imagina num primeiro olhar.

Responsável pela regulação térmica, pela expulsão de água e de sais minerais e pela receção de inúmeros estímulos nervosos, a pele destaca-se pela presença de inúmeros vasos sanguíneos e terminações nervosas.

Assim, além de cumprir o seu papel protetor e regulador, a pele pode ser (e é!) também um espelho de sintomas diversos, reagindo, de formas variadas e distintas, a situações e problemas de saúde.

O aparecimento de manchas ou de borbulhinhas na pele do bebé pode ser indicadora de um sem fim de situações, podendo estas ter a sua origem em problemas localizados ou em doenças sistémicas,

Assim, embora nem todas as manchas e alterações na pele do bebé sejam indicadoras de um problema de saúde, estar atenta ao aparecimento de eventuais manchas é muito importante e merece, sem dúvida, a atenção dos pais.

Nas crianças, algumas manchas são naturais e não apresentam qualquer risco.


Outras, principalmente quando o seu aparecimento é súbito, podem ser sintomáticas de doenças agudas. Por esta razão, a consulta de um pediatra torna-se fundamental.

Hoje, dentro deste quadro macro, olharemos para uma situação muito específica e comum nos mais novos: o aparecimento de petéquias de esforço na pele do bebé.

Acompanhe-nos para saber mais sobre as petéquias de esforço e como lidar com elas.

Petéquias de esforço na pele do bebé

1. O que são as petéquias de esforço?

As petéquias podem ser descritas como manchas de pequena dimensão, semelhantes a pintas, que tomam uma tonalidade entre o avermelhado e o púrpura.

Estas podem surgir em grupo, parecendo uma mancha maior, ou de forma isolada e dizem respeito a pequenos sangramentos de vasos cutâneos.

Surgindo devido aos danos nos capilares sanguíneos subcutâneos, estes podem ser vistos como hematomas de pequena dimensão e surgem, normalmente, devido ao esforço ou à tensão.

Comuns nos bebés, estes pontinhos são geralmente causados por tosse ou por vómitos e não costumam ser perigosos para a criança.

Em casos mais raros, no entanto, as petéquias podem enunciar um problema mais severo.

2. O que causa as petéquias?

Como vimos, situações como tosse ou vómitos, podem ser responsáveis pelo aparecimento das petéquias de esforço na criança.


Ainda assim, esta não é a única situação perante a qual pode ocorrer o aparecimento destas manchas.

As petéquias podem ser causadas devido a problemas de coagulação, como a doença de Von Willebrand ou ser originadas pela inflamação dos vasos cutâneos, fenómeno conhecido como vasculite.

Doenças relacionadas com o colagéno, como o Lúpus; eventuais meningites e infeções graves (como o Dengue) podem, também, estar na origem do aparecimento destas manchas cutâneas.

Torna-se importante, no aparecimento deste tipo de mancha, a consulta de um especialista, já que a única forma de tratamento das petéquias é através da resolução das suas causas, sendo importantíssimo o despiste das situações que levaram ao seu aparecimento e um diagnóstico especializado.

3. O que fazer perante as petéquias de esforço

Primeiramente, quando as petéquias surgem na pele do bebé, é muito importante que seja consultado um pediatra.

Por norma, as petéquias de esforço derivam apenas da tosse ou dos vómitos do bebé e não serão geradoras de preocupação, tendendo a desaparecer sozinhas ao final de algum tempo.

Assim sendo, estas pintinhas, também conhecidas como manchas hemorrágicas, poderão não precisar de um tratamento.

Ainda assim, o médico poderá recomendar algum tipo de tratamento em situações continuadas, havendo ainda medicação contraindicada para pacientes com este tipo de problema.

Alguma vez se apercebeu do aparecimento destas petéquias de esforço no seu filho? Consultou um médico a propósito das mesmas? Não deixe de partilhar connosco a sua experiência pessoal.

Algumas fontes: ebc  claudia.abril  online64  omeubebe  minhodigital

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo