7 Peixes que a gravida não deve comer, saiba o motivo

Existem peixes que a grávida não deve comer. Sabe quais são e quais as razões para os evitar? Então, está na hora de descobrir com o Bebé a Bordo.

A gestante sabe que deve preocupar-se com a nutrição, de forma a ter a alimentação mais adequada durante os meses de gravidez.
Isto significa, por um lado, conhecer melhor os alimentos que lhe vão fazer bem. Por outro, saber de cor os alimentos, as bebidas e até as frutas a evitar.

Os peixes geram algumas questões junto das gestantes. Se é verdade que o salmão parece uma opção bastante saudável, outros peixes podem apresentar-se mais problemáticos para a mulher grávida.

Hoje, vamos ao encontro de 7 peixes que a grávida não deve comer. Venha saber o motivo.

Peixes que a gravida não deve comer

1. Peixes que a grávida não deve comer: Peixe-espada

Apesar de nutritivo, este peixe pode conter elevados níveis de mercúrio que, quando ingeridos pela gestante, podem ser tóxicos e levar a problemas de desenvolvimento no feto ou mesmo ao aborto espontâneo. (1)

2. Atum em lata

Além de o atum também poder conter mercúrio na sua composição, o facto de ser enlatado aumenta o seu potencial tóxico. Deve, por isso, ser evitado durante a gestação.

3. Cavala

A cavala é um dos peixes que mais apresenta índices elevados de mercúrio. Assim, para evitar a toxicidade deste composto, a gestante deve evitar o consumo de cavala durante a sua gravidez. (2)

4. Peixes que a grávida não deve comer: Tubarão

Não existe muito o hábito do consumo de tubarão em Portugal e, durante a gravidez, ainda bem que assim é. Este é um peixe que pode conter alto teor de mercúrio e, como tal, ser nocivo para a gestação.

5. Robalo

Tal como os anteriores, o robalo é um peixe com elevado índice de mercúrio e que, por isso, pode provocar danos no feto ou impedir o correto curso da gestação. Assim, a gestante deve evitá-lo.

6. Sardinha em lata

A gestante deve preferir os peixes frescos, dos quais pode retirar as melhores e mais benéficas propriedades nutricionais, evitando a sardinha em lata, onde o número de calorias sobe exponencialmente e os conservantes estão altamente presentes.

7. Peixes que a grávida não deve comer: Sushi

Além das já mencionadas questões sobre o mercúrio, que também aqui têm lugar; a grávida deverá ainda evitar o sushi uma vez que este se trata de um alimento cru e que pode ser uma fonte de bactérias nocivas para a gestação. (3)

Quais os peixes que consumiu e quais os que evitou durante a sua gravidez? Conte as razões às restantes leitoras do Bebé a Bordo.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo