Acne Neonatal, como melhorar a pele do bebé

A acne neonatal é bastante comum nos mais pequenos e, muitas vezes, trata-se de uma condição passageira. Ainda assim, esta situação gera várias questões entre as mamãs e papás. Sabe em que consiste a acne neonatal e o que pode fazer para melhorar a pele do bebé? Venha descobrir com o Bebé a Bordo.

Quando o bebé nasce, nasce também um novo universo de questões. Nutrição, cuidados de higiene e eventuais doenças colocam-se entre as principais perguntas dos pais que tentam, a cada momento, garantir que o seu bebé está saudável e com todo o conforto de que necessita.

As manifestações cutâneas (estejam relacionadas com eventuais doenças ou sejam simplesmente naturais) saltam, por isso, para o centro das preocupações parentais, sendo questionados diversos aspetos sobre a higiene, os melhores produtos ou as caraterísticas da pele do bebé.

Da mesma forma, o aparecimento de algum tipo de sintomas, como as borbulhas no rosto do bebé recém-nascido, pode gerar dúvidas. Neste sentido, torna-se pertinente olhar para uma das condições que costuma aparecer com relativa frequência nos bebés. Falamos, pois, da acne neonatal.

Se a acne neonatal é uma das suas preocupações e quer saber mais sobre o que é esta inflamação e como pode resolvê-la, este é o artigo certo para si.

1. O que é a acne neonatal? Acne Neonatal

A acne neonatal é uma doença cutânea comum nos bebés e que é provada por um desequilíbrio no seu sistema imunitário. Esta situação afeta cerca de 30% dos recém-nascidos, em parte porque, com o nascimento, a pele ainda frágil e sensível do bebé é exposta ao meio exterior e a todas as suas agressões.

Esta situação leva a que o contacto com o meio envolvente – como as roupas, por exemplo – e com componentes orgânicos – como a urina ou a saliva – provoquem hipersensibilidade na pele e gerem efeitos visíveis.

Esta inflamação é bastante comum nas primeiras semanas de vida, tendo maior incidência no primeiro mês e tendendo a desaparecer, de forma gradual e espontânea, até o bebé completar 6 meses.

Quais são as manifestações da acne neonatal?

A acne neonatal manifesta-se através do aparecimento de lesões cutâneas, tais como pústulas ou burbulhas, que podem, em alguns casos, estar infetadas e conter pus.

A aparência destas bolhas varia, podendo as mesmas ser meros relevos ou apresentar vermelhidão e pontos esbranquiçados.


Estas manifestações são mais comuns na zona das bochechas do bebé e no seu queixo. Ainda assim, também é comum que apareçam no pescoço da criança ou nas suas costinhas.

2. Como se faz o tratamento da acne neonatal?

A acne neonatal tende a desaparecer de forma gradual e espontânea até o bebé completar seis meses, não sendo necessária, por isso, a realização de tratamentos.

Durante o tempo de duração desta condição, no entanto, os pais deverão lembrar-se de que é fundamental que as borbulhas não sejam espremidas, sendo que esta ação poderá ser prejudicial para a pele, lesionando-a ou mesmo infetando-a.

É necessária a consulta de um especialista?

Usualmente, como já referimos, a acne neonatal não é preocupante e acaba por desaparecer de forma natural. Ainda assim, caso o aspeto das bolhas lhe pareça infetado, apresentando pus ou líquido, é sempre melhor que as mesmas sejam vistas por um dermatologista.

Por vezes, nestas situações, o diagnóstico aponta para condições como a herpes viral, necessitando, então, de tratamento.

Um dermatologista poderá, ainda, sugerir algum tipo de pomada para aliviar a acne do bebé, sendo importante que não faça nenhuma aplicação sem a recomendação médica.

3. Como melhorar a pele do bebé?

O cuidado com a pele do bebé é fundamental para garantir a sua saúde cutânea e para evitar o aparecimento ou agravamento de eventuais lesões e sintomas.

Assim, é muito importante que os pais tenham atenção à forma como fazem a higiene do bebé, garantindo que a pele se mantém limpa.

O processo de limpeza da pele do bebé deve ser feito com água morna e evitar a aplicação de produtos como óleos ou produtos que não se adequem à sua idade e ao seu tipo de pele.

O bebé com acne neonatal não deverá ter as borbulhas espremidas nem deverá ser aplicado qualquer creme sem que exista recomendação médica para tal.


Da mesma forma, manter as unhas do bebé curtas é importante para evitar que este esfole as regiões lesionadas da pele.

Por fim, caso note que o o bebé está desconfortável com a situação ou repare no agravamento das manifestações cutâneas, deve consultar um médico de imediato.

Já conhecia a acne neonatal? Quais são os cuidados que tem com a pele do seu filho? Conte a sua experiência pessoal às restantes mamãs do Bebé a Bordo.

Algumas fontes: mayoclinic healthline mustelausa gestacaobebe omeubebe

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo