10 métodos de ensino para o seu filho, qual prefere?

Os métodos de ensino dos nossos dias são diversificados e aplicados de forma distinta consoante as escolas e os professores. Conhece os melhores métodos de ensino para o seu filho?

Então, está na hora de os conhecer com o Bebé a Bordo.

A promoção de bons hábitos ao longo da primeira infância cumpre um papel fundamental para que a entrada no mundo escolar seja mais simples para os nossos filhos.

Atos simples, como a promoção de brincadeiras didáticas ou ler em voz alta para os bebés, têm provado a sua eficácia no desenvolvimento cognitivo e emocional dos mais pequenos.

Ainda assim, quando a criança chega à idade escolar, estes métodos passam a ser apenas complementares. A necessidade da criação de uma rotina de estudo, que integre novos hábitos e costumes, faz-se, então, a par com a metodologia escolar e, por isso mesmo, torna-se muito importante conhecer os principais métodos de ensino.

Para muitos educadores, o trabalho de ensinar uma criança assenta na tríade “foco, método, avaliação”.

Isto é: torna-se necessário manter o enfoque no ensino; criar um método eficaz; e definir um objetivo passível de ser avaliado.

Neste processo, são várias as metodologias utilizadas pelos professores, sendo algumas mais tradicionais e outras um pouco mais alternativas.

Hoje, por isso, olhamos para os métodos de ensino e trazemos-lhe alguns dos que poderá encontrar e aplicar no processo de ensinar o seu filho. Venha conhecer 10 métodos de ensino com o Bebé a Bordo.

1. Métodos de ensino: Exposição

Entre os métodos de ensino, a metodologia expositiva é aquela que mais vezes encontramos nas escolas.

Segundo este método, o aluno irá ouvir, através da explicação de um docente, uma explicação sistemática sobre uma temática desconhecida, sendo-lhe pedido que se mantenha atento e faça a sua aprendizagem a partir da exposição do professor.

2. Trabalho Autónomo

O método de ensino do trabalho independente ou do trabalho autónomo é aplicado quando os docentes pedem ao aluno que, de forma individual, expresse os seus pensamentos ou opiniões sobre uma determinada temática, baseando a sua opinião em pesquisas feitas pelo próprio.

Este método obriga a criança a realizar pesquisa teórica para recolher informações e sustentar as suas ideias.

3. Orientado ou dirigido

Este método de ensino, como o próprio nome sugere, trata-se de uma forma de levar mais longe o método expositivo, permitindo, através da realização de tarefas, de exercícios ou de outro tipo de atividades, que o aluno demonstre os conhecimentos adquiridos.

Esta é, ainda uma forma de orientar o estudo da criança e permite que o professor compreenda se o aluno está a acompanhar a matéria.

4. Grupal

Dentro de turmas com vários alunos, um dos métodos de ensino várias vezes adotado é o grupal.

Este método parte da reunião dos alunos em vários grupos para a realização de tarefas propostas.

Neste ambiente de interajuda, os alunos deverão cooperar para conversar, discutir, pesquisar e realizar trabalhos sobre uma determinada temática.

5. Métodos de ensino: Atividade

Um dos métodos de ensino que também pode ser encontrado em grande parte das escolas é o das atividades ou atividades especiais.

Este núcleo metodológico integra todo o tipo de atividades didáticas que, por norma, não acontecem em sala de aula.

Visitas ao laboratório, presença em assembleias, idas a espaços de artes ou visitas de estudo são alguns dos elementos que podem ser enquadrados neste tipo de metodologia.

6. Didático

Entre os métodos de ensino para o seu filho, o didático é aquele que se baseia num sistema de pergunta e resposta, promovendo, desta forma, a interiorização dos conceitos a ensinar.

Este tipo de dinâmica mútua, em sala de aula, é essencial para que a criança desenvolva o seu raciocínio e se habitue a ser uma parte ativa do processo de aprendizagem.

7. Construtivista

O método construtivista trata-se de um método de ensino didático que impulsiona uma entrada progressiva no mundo da alfabetização, permitindo que as crianças em idade pré-escolar comecem, desde logo, a ter acesso a elementos linguísticos.

Baseando-se em materiais didáticos, este método de ensino alternativo visa uma integração gradual da criança, promovendo uma aprendizagem progressiva e natural.

8.Democrático

O método de ensino democrático baseia-se na noção inglesa da escola de Summerhill e prevê que a criança seja livre de escolher, diariamente, como vai aprender e o que vai ser aprendido.

Este método acredita que a ligação entre atividades quotidianas e disciplinas escolares pode ter um impacto positivo na aprendizagem da criança.

9. Pragmático

No método de ensina pragmático (que é, também, conhecido como método instrumentalista), a resolução de problemas é o foco.

Aqui, a criança irá focar áreas tão diferentes como a ciência, a matemática e a filosofia, através da praticidade da resolução de exercícios.

10. Métodos de ensino: Antropofosiano

Este método de ensino alternativo está baseado na pedagogia waldorfiana, baseando-se na tríade do desenvolvimento social, físico e individual. Este método divide as crianças consoante a sua faixa etária, independentemente do seu desempenho.

Qual destes métodos de ensino lhe parece melhor para educar uma criança? Qual prefere para o seu filho? Não deixe de contar às restantes leitoras do Bebé a Bordo qual é a sua opinião sobre estes métodos de ensino.

Algumas fontes: isparkinnovations maxima telegraph  capesesp montepio understood

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo