Arte gestacional

Arte gestacional, a moda da pintura corporal em mulheres grávidas.

Existe uma nova tendência para as mulheres grávidas: a das pinturas na barriga, já crescida da gravidez.

Cada vez mais comuns entre as futuras mamãs, esta arte gestacional (também conhecida como baby bump painting) é uma forma divertida e única da mulher criar arte com o seu corpo para marcar o belíssimo momento que está a viver.

Eternizando as linhas curvas da sua gestação, a pintura na barriga da grávida (arte gestacional) é uma moda que promete a realização de fotos maravilhosas, que a mamã poderá usar para eternizar os momentos vividos com o seu bebé e para sentir a imensa beleza da sua condição de feminilidade.

Nascida entre celebridades americanas, esta moda tem ganho raízes em todo o mundo e é cada vez mais comum encontrar mamãs que escolhem ser fotografadas mostrando, na sua barriguinha redonda, motivos diversos, em pintura gestacional.

Neste artigo iremos abordar a questão da arte gestacional, para compreender melhor as razões, os riscos, as preocupações e as motivações que permeiam o pensamento da mamã moderna.

1. Arte gestacional os medos e preocupações

A pintura corporal em mulheres grávidas é uma moda que levanta algumas preocupações junto das futuras mamãs.

Por mais que achem engraçada a ideia ou que desejem adaptá-la para as suas próprias fotografias gestacionais, a verdade é que o uso das tintas provoca, em algumas mulheres, medo, ansiedade e preocupações.

A baby bump painting utiliza, por norma, tintas laváveis, em tudo equivalentes às que se utilizam na pintura facial das crianças.

Esta tinta não tem qualquer impacto negativo na mamã ou no feto, podendo ser desenhados, na barriga da mãe, vários motivos, a preto e branco ou a cores.

Outra das dúvidas levantadas por este género artístico é o momento ideal para a realização da sessão fotográfica com esta pintura.

Recomenda-se, caso deseje experimentar fazê-la, que a faça entre a 30º e a 33º semana de gestação, altura na qual a sua barriguinha mostrará já, de forma inegável, a aproximação da data de chegada do seu bebé.

 

Anjo pintado na barriga da mulher grávida

 

2. Arte gestacional o “desenhar a maternidade”

Escolher o desenho que ornamentará a sua barriguinha poderá não ser fácil. É comum as mamãs escolherem o desenho do feto no útero ou a ilustração de um bebé.

Igualmente comum é a utilização de motivos infantis (como animais ilustrados ou cenários de livros para criança) ou de laçarotes coloridos.

Algumas mães mais criativas optam por utilizar motivos que se relacionam com a sua própria visão sobre a vida e o mundo e com a expetativa que guardam para o futuro: nascem assim motivos ambientais, artísticos e religiosos.

A escolha do desenho é muito importante, uma vez que perdurará eternamente nas suas fotografias de gravidez. Escolha com cuidado e confiança, algo que seja bonito aos seus olhos e especial para si.

Pode brincar com o nome do seu filho: se estiver à espera de uma menina chamada Joana, por que não pintar uma joaninha sobre uma folha verdejante?!

Seja criativa e, acima de tudo, divirta-se com a experiência única que se propõe viver.

A fotografia do desenho escolhido irá recordar, eternamente, a dádiva da maternidade.

3. Outras vantagens da arte gestacional

Além de retirar, desta experiência, fotografias maravilhosas, os especialistas garantem que este é um momento único, no qual mãe e bebé parecem conseguir relaxar, acalmando medos e anseios.

Este relaxamento é muito positivo para a mulher grávida que, provavelmente, começa já a sentir a ansiedade do parto que se aproxima.

Aproveite o momento de calma para se ligar mais profundamente à sua condição e à criança que cresce no seu ventre e também para apreciar a beleza radiante que, por norma, irradia das gestantes.

Isto irá acalmá-la e aumentar a sua autoestima.

A tendência da pintura na barriga da grávida parece ter vindo para ficar e está a ganhar raízes mundiais.

A internet preenche-se de imagens e de memórias destes momentos de maternidade, onde muitas mamãs aparecem sorrindo, carregando uma arte viva que celebra a dádiva da sua gravidez.

Fez alguma destas pinturas no seu ventre quando estava grávida? Como viveu esta experiência? Conte-nos tudo sobre este momento e não deixe de partilhar connosco as fotografias que o ilustram.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo