Quando fazer o teste de gravidez

Quando fazer o teste de gravidez, a confirmação do sonho

Qual é o momento certo para fazer o teste de gravidez? Quando é que este teste se torna mais fiável? Devo aguardar para fazer o teste, depois das primeiras suspeitas? É comum, entre as mulheres, a dúvida.

Na primeira suspeita de uma gravidez e após uma rápida pesquisa, é possível que se sinta ainda mais confusa, por entre a enormíssima quantidade de informação e os muitos tipos de teste de gravidez com os quais se irá deparar.

Os artigos falarão sobre o teste de gravidez de farmácia, análises ao sangue e até do teste de gravidez online.

Cada um terá o seu modo de ser feito, o seu local de realização e o seu tempo.

Por entre a informação, as suas questões poderão ficar ainda mais prementes e o medo de agir “fora de tempo” poderá ser acentuado.

Trata-se, pois, de um momento especial para qualquer mulher e não vai querer perdê-lo com a ansiedade.

É mesmo para que não perca um único segundo entre medos e dúvidas que escrevemos o presente artigo, para que saiba quando fazer o teste de gravidez.

Quando fazer o teste de gravidez

Já vives-te este momento❓bem-vinda a bordo ⚓️Ler artigo goo.gl/bj2Gyr ✅

Posted by bebé a bordo on Tuesday, 20 December 2016

1. Fazer o teste de gravidez – Quanto mais cedo, melhor

Quando se apercebe dos primeiros sintomas de gravidez, é natural que sinta a ânsia de fazer o teste, no desejo de ver a cruzinha que confirmará que o sonho de ser mamã em breve será realidade.

Podemos garantir que esse instinto não está, de si, errado!

No que diz respeito à gravidez, quanto mais depressa a confirmar e iniciar o seu seguimento pré-natal, melhor será, tanto para si como para o bebé.

É por esta razão que aconselhamos que consulte um especialista assim que descubra que está grávida.

Ainda assim, nem todos os testes de gravidez poderão ser realizados de imediato uma vez que, quando feitos precocemente, não garantem resultados fidedignos.

teste de gravidez de farmácia turcifalense

2. Fazer o teste de gravidez – O tempo da confiança

Por norma, o primeiro sintoma a chamar a atenção das mulheres para uma eventual gravidez é o atraso na sua menstruação.

Claro! Nem todas as mulheres têm ciclos iguais mas, na média, trata-se de um ciclo que ocorre de 28 em 28 dias.

Algumas mulheres, no entanto, tendem a aperceber-se de alguns sintomas mesmo antes de notarem o atraso, seja porque estão efetivamente a tentar engravidar ou porque algum dos sintomas físicos se faz notar de forma mais premente.

Em todo o caso, sendo que os testes de gravidez funcionam pela identificação da hormona beta hCG, é recomendado que os testes de gravidez sejam realizados apenas depois deste atraso no seu ciclo menstrual.

O atraso no período relaciona-se diretamente com os níveis de Beta hCG decorrentes da fixação do embrião no útero da mulher.

Esta hormona, no entanto, só começa a ser produzida cerca de meio mês após a fecundação do óvulo.

Por esta razão, os testes de gravidez – principalmente o teste de gravidez de farmácia não poderá dar um resultado positivo até que a hormona corra livremente no corpo feminino.

Explicando: se um destes testes for realizado precocemente, existe uma grande probabilidade de o seu resultado ser um falso negativo.

teste de gravidez de farmácia turcifalense

3. O tempo e a fidelidade dos testes

Os dois testes de gravidez confiáveis são os de análise sanguínea e os testes de farmácia.

O primeiro irá detetar a dosagem de hCG no sangue da mulher e dará, sempre, um resultado mais correto e fidedigno.

Muitos especialistas recomendam, por isso, que este seja feito, em tom de confirmação, ainda que o teste de urina tenha dado positivo.

Estes testes de gravidez podem apenas ser realizados em espaços de saúde (clínicas, laboratórios clínicos e hospitais) e conseguem detetar a hormona em concentrações mínimas (até 20 vezes menores do que os testes de farmácia).

Por esta razão, este teste pode ser realizado, com confiança, alguns dias antes do que os testes farmacêuticos, entre o 8 e 13 dias após conceber.

No que respeita aos testes de venda livre, que encontrará em farmácias e parafarmácias, terá de esperar mais alguns dias.

Ainda assim, este teste apresenta outras vantagens.

De resultado quase imediato e sem ter de se deslocar a qualquer lugar específico, estes testes baseiam-se na presença da hormona beta hCG na sua urina.

Sendo que não têm uma sensibilidade tão grande como os exames de sangue, no entanto, a concentração da hormona terá de estar já, em grande quantidade para que o teste dê positivo, sendo que o faça cerca de 21 dias após a relação sexual desprotegida.

Falso positivo e falso negativo

No que respeita aos testes de venda livre, terá ainda de recordar que existem duas possibilidades. Um falso negativo e um falso positivo. O falso negativo ocorre, por norma, quando o teste é realizado precocemente.

O falso positivo, mais raro, não costuma ocorrer mas, quando acontece, pode ser um alerta para uma doença ou condição física desconhecidas.

Se este teste der positivo recomenda-se, por isso, que confirme com uma análise sanguínea e que, no caso de esta dar negativo, fale sobre o assunto com o seu médico.

Encontrará ainda o teste de gravidez online.

Este não é um teste fidedigno mas poderá ajudá-la a perceber se os sintomas apresentados podem ou não indicar um óvulo fecundado.

Poderá realizar este teste em qualquer altura sendo que, independentemente deste, precisará de confirmar o resultado com um dos outros testes.

A realização dos testes de gravidez é um momento importante.

Trata-se do momento de confirmar que o momento que tanto desejou está a chegar. Mantenha a calma e viva ao máximo cada segundo desta experiência.

Já viveu uma experiência assim? Como e quando realizou o seu teste de gravidez? Partilhe a sua experiência connosco.

ARTIGOS REMOMENDADOS

One Response

Comente este artigo