Preciso de lavar a cabeça do bebé todos os dias?

Preciso de lavar a cabeça do bebé todos os dias? Dúvida frequente das mamãs

São muitas as mamãs que guardam dúvidas quanto à forma como devem tratar a higiene do bebé.

Tanto no que respeita à frequência do banhinho da criança como à frequência da lavagem da sua cabecinha, estas mamãs veem-se a mãos com uma quantidade infindável de informação que, além de nem sempre ser fiável, muitas vezes é contraditória.

Na verdade, a contradição da informação que permeia os textos e livros sobre a temática, estende-se, também, à comunidade clínica e científica, não existindo um consenso quanto a esta temática.

Assim, é natural que a mamã, principalmente se o for pela primeira vez, questione se deve o bebé tomar banho todos os dias ou se deve lavar a cabeça do bebé diariamente.

Hoje, entramos neste mundo sobre a higiene da criança para descobrirmos quais as opiniões a favor e contra a lavagem diária da cabeça da criança e explorarmos os seus argumentos para que assim possa tomar uma decisão informada no momento de fazer a escolha de lavar ou não a cabeça do bebé todos os dias.

produtos para a pele do bebé

1. Lavar a cabeça do bebé

Deveria ser uma questão simples e sem grandes complicações… deveria mas não o é!

No que respeita à lavagem da cabecinha da criança – tal como anteriormente tinha acontecido quanto à frequência do banho do bebé – existem duas correntes de pensamento que defendem ideias verticalmente opostas.

1.1. Argumentos contra

A sensibilidade da pele da criança retorna como argumento principal para quem defende que a lavagem diária da cabeça da criança não é necessária.

Os defensores desta ideia afirmam que a cabecinha do bebé deverá ser lavada “quando necessário” e que mesmo a lavagem em dias intercalados (ou alternados) poderá ser excessiva.

Entre os argumentos usados na defesa desta ideia encontra-se a possibilidade de uma lavagem excessiva da cabeça do bebé poder promover o ressecamento do couro cabeludo, resultado numa dermatite seborreica.

O caso dos bebés com pele atópica é também referido como argumento contra a lavagem diária.

Em alternativa, é sugerido, neste caso, que as mamãs passem apenas uma toalhinha suave pela cabecinha do bebé para remover eventuais impurezas e sujidades.

1.2. Argumentos a favor

Por outro lado, os argumentos a favor centram-se na oleosidade produzida na região do couro cabeludo.
Segundo os defensores da lavagem diária da cabeça do bebé, a melhor forma de evitar situações de desidratação cutânea passam pela lavagem intercalada com produtos (sabonete ou champô adequado a bebé) e sem produtos (apenas com água).

Outro dos argumentos utilizados para defender a lavagem da cabeça do bebé todos os dias é a fragilidade e vulnerabilidade das crianças, que as torna mais susceptíveis a eventuais infeções.

Assim, estes acreditam que a lavagem diária da cabecinha do bebé será uma forma de os manter mais protegidos no que respeita a bactérias.

Preciso de lavar a cabeça do bebé todos os dias

 

2. Frequência da lavagem da cabeça do bebé

Perante estes factos a verdade é que a sua intuição será, provavelmente, a melhor forma de gerir a questão.

Se, em alguns momentos, sentir que deve lavar diariamente a cabeça do bebé e noutros quiser intercalar essa lavagem, poderá fazê-lo, tendo em consideração a sua rotina e as necessidades da criança.

Ainda assim, existem alguns fatores a ter em conta. Por exemplo, se o seu filho tiver uma pele atópica, esta precisará de cuidados especiais para não ficar excessivamente seca.

Da mesma forma, ainda que não dê banhinho ou não lave a cabeça do bebé, não deverá descurar a higiene, sendo importante que limpe o bebé com uma toalhinha suave, com particular atenção às regiões mais sensíveis.

3. Os produtos a usar

No momento de optar pelos melhores produtos para lavar a cabeça do bebé, deve considerar vários fatores.

Para começar, até ao mês e meio de vida do bebé, não é recomendável o uso de produtos de banho, sendo melhor lavar apenas com água.

Na introdução deste tipo de produto – seja um sabonete específico para bebé ou um champô – deve garantir que este tem um pH neutro e que não tem aroma nem perfume.

Mesmo com este cuidado, a quantidade de produto utilizada deve ser mínima (apenas suficiente para a lavagem), para garantir que o couro cabeludo não fica com a pele seca.

Se notar que a pele do bebé está a ficar seca na região da cabeça e que surgem umas crostazinhas, não se preocupe… por vezes acontece!

Utilize um óleo infantil antes do champô. Se a situação persistir, no entanto, consulte o médico sobre esta questão.

Ao lavar a cabeça do bebé tenha ainda cuidado com os olhos e os ouvidos da criança. Hoje em dia encontrará também, no mercado, alguns utensílios que o ajudarão a evitar que a água e os produtos contactem com estas zonas.

Algumas fontes:
Hairfinder
Webmd
Gestaçãobebe

Wixx

Claudia.abril

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo