Tudo o que precisa de saber sobre cólicas em bebés

Cólicas em bebés, o que deve saber sobre este incomodo?

As cólicas são um problema frequente nos bebés e que, quando surge, tende a assustar as recém mamãs.

Não se preocupe: é natural sentir-se ansiosa quando se depara com esta situação pela primeira vez!

A cólica em bebé apresenta-se como uma dor intensa e frequente na zona da barriga que, por norma, tende a ser expressa, pelo pequeno, através do choro intenso.

Este é um problema apresentado por uma grande percentagem de crianças entre as 2 semanas e os 4 meses de vida, independente da sua alimentação ser feita à base da amamentação ou dos leites e fórmulas infantis.

Causas das cólicas em bebés

Existem várias hipóteses possíveis para o surgimento do problema.

Esta pode derivar da imaturidade do próprio sistema digestivo da criança, pela presença em ambientes de stress e ansiedade, por uma alimentação excessiva, ou mesmo por intolerância à alimentação (principalmente quando se trata das fórmulas de leite infantil).

Geralmente, os pais de primeira viagem são confrontados com este problema quando se deparam com uma mudança no comportamento da criança.

Isto é, a natureza calma do bebé é substituída pelo choro repetido e constante, várias vezes ao dia, incluindo no período noturno.

Este choro – causado pelo desconforto – é difícil de acalmar e surge, muitas vezes, de uma forma mais intensa e gritada.

Colimil - Cólicas

Sintomas das cólicas em bebés

Muitas mães descrevem mesmo este choro como caraterístico, definindo-o como um choro feito em gritos lancinantes.

Outro sintoma deste problema surge quando o bebé se contorce, encolhendo as pernas e arqueando as costas durante o choro ou quando nota um aumento nos gases do bebé.

Se está a viver esta situação, deixamos, desde já, uma informação que poderá ajudar a acalmá-la: não se passa nada de grave com o seu bebé.

As cólicas no bebé são naturais e não se tratam de uma doença.

O seu bebé vai ficar bem. Ainda assim, é recomendável que o leve até um profissional da área da saúde, apenas para garantir que não existe mais nada a incomodar a criança além da cólica.

Entretanto, é importante que preste atenção às necessidades do bebé. Embora não seja grave, este é um problema bastante desconfortál e ele irá precisar da sua ajuda para sentir alívio nesses momentos de dor.

Neste artigo procuraremos deixar algumas sugestões para que saiba como aliviar as cólicas do seu bebé.

Como tratar as cólicas no bebé

Ao deparar-se com este problema, um dos métodos que poderá utilizar para ajudar o seu bebé a superar a cólica – e também um dos mais comuns e consensuais – é massajar a barriga do seu bebé.

Esta massagem deve ser feita em movimentos circulares e com uma pressão controlada, para não magoar a criança e ajudará o intestino do seu bebé a funcionar melhor, aliviando o desconforto.

Poderá também, a par com a massagem, tentar colocar uma botija de água quente (sempre com o cuidado de a envolver numa toalha ou manta, para não queimar) sobre a barriga do seu bebé ou por fazer movimentos de bicicleta com as suas perninhas, pressionando-as, depois, levemente contra o abdómen.

Desta forma, ajudará a aliviar a cólica e ajudará o seu filho a sentir-se mais confortável.

Cuidados a ter

Se amamenta o seu bebé, existem alguns cuidados a ter para ajudar a aliviar o desconforto do seu bebé.

A ingestão de alimentos que provocam gases na mãe pode contribuir para o surgimento do problema também na criança.

Assim, se deseja saber como aliviar as cólicas do bebé poderá começar por garantir que a sua alimentação é a mais correta.

Alguns alimentos que provocam esta situação e que, por isso, deverá evitar durante a amamentação são: feijão, cebola, picantes, leite, brócolos e chocolate.

Produtos para minimizar as cólicas em bebés

Existem também, no mercado, chás e suplementos que poderá tomar e que, pelo seu efeito antiespasmódico, irão ajudar a evitar e a aliviar o desconforto da criança.

Ao amamentar o seu bebé, estes serão uma ajuda para evitar que, também ele, sofra destes problemas.

Um dos ingredientes que comummente surge nestes chás e suplementos é o funcho.

Se o seu bebé não é amamentado, não gozando, por isso, dos benefícios da sua alimentação, poderá também optar pelos chás acima referidos, que poderá dar-lhe, em pequenas doses, diretamente antes do biberão.

Se o seu filho utiliza fórmulas de leite infantil na sua alimentação e suspeita que estas possam estar relacionadas com o surgimento do problema (por alergia ou intolerância), poderá falar com o seu pediatra no sentido de obter recomendações ou receitas para fórmulas alimentares mais completas ou adequadas ao caso específico do seu filho.

De lembrar que, independentemente de ser alimentado com fórmula ou peito, é importante que, após cada mamada, o bebé seja mantido na vertical até arrotar, para evitar o surgimento desta situação.

Já viveu na pele esta situação? Não deixe de nos contar a sua experiência e de partilhar connosco a forma como ajudou a aliviar as cólicas do seu bebé.

Poderá ter interesse em:

Bebé com papeira, saiba tudo sobre a Caxumba

Como esterilizar os biberões do bebé em casa

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo