Tudo sobre a azia na gestação

Tudo sobre a azia na gestação

Gestante com azia

O ardor do desconforto

Uma das maiores queixas das grávidas durante os meses de gestação é a sensação frequente de azia na gravidez.

As alterações do corpo, a nível físico e hormonal parecem, pois, causar nas mulheres a sensação de ardor na região do estômago, sendo que, por vezes, esta alastra e ascende até outras zonas do sistema digestivo.

Muitas vezes, o ácido do estômago chega mesmo a fazer com que ocorra o conhecido refluxo na gravidez, uma sensação desconfortável e que mina os dias de muitas gestantes.

Embora não se trate de uma doença e de não tomar, por norma, proporções insuportáveis, este é um fenómeno que provoca um enorme desconforto na futura mamã e, por isso mesmo, merece toda a atenção.

Neste artigo iremos dirigir-nos, então, às questões relacionadas com a azia na gestação, para que saiba as suas razões, riscos e formas de a tratar.

Acompanhe-nos nesta viagem pela busca do conforto.

 

Azia na gravidez

1. Azia na gravidez

A gestação é um período no qual a sensação de azia se pode tornar mais comum. A razão pela qual isto acontece é principalmente hormonal. Durante a gravidez, o corpo feminino produz mais progesterona.

Esta hormona, que é responsável, entre outras coisas, pelo relaxamento dos músculos uterinos, faz o mesmo efeito na válvula que liga o esófago ao estômago, razão pela qual os ácidos estomacais acabam por subir, criando a sensação de queimadura no esófago.

Além disto, a mesma hormona é ainda responsável por uma digestão mais lenta o que vem, também, agravar a sensação de azia na gravidez.

À medida que a gestação avança, esta sensação tende a tornar-se mais frequente, uma vez que a pressão exercida pelo bebé – que assume um tamanho e peso cada vez maiores – pressiona, também, o estômago, levando o ácido gástrico até à garganta.

Isto é, provocando refluxo na gravidez.

Geralmente, o refluxo na gravidez e a azia na gestação tendem a melhorar apenas depois do nascimento do bebé.

2. Os riscos da azia na gestação

Por norma, a azia na gravidez não tem qualquer risco associado além do desconforto da futura mamã.

Ainda assim, em casos raros, esta é acompanhada de dor.

Se sentir algum tipo de dor na região do peito, da barriga ou na região das costelas, é muito importante que seja observada por um especialista tão cedo quanto possível.

Estas dores, quando ocorrem em simultâneo com o refluxo na gravidez e/ou a azia, podem ser sinal de pré eclâmpsia, problemas de fígado ou de uma úlcera.

Fique atenta aos sintomas e, perante qualquer dúvida, contacte o seu médico.

3. Melhorando a sensação de azia

Embora não exista um tratamento completamente eficaz para eliminar a sensação de azia na gravidez ou evitar o refluxo na gravidez, existem pequenas dicas e conselhos que a futura mamã poderá seguir para reduzir esta sensação.

Em primeiro lugar, a gestante deve optar por uma alimentação tão saudável e equilibrada quanto possível, evitando pratos com mais açúcares e gorduras.

Alimentos muito ácidos, como citrinos, bebidas com cafeína e sumos devem, também, ser evitados.

Nas refeições, a gestante deverá comer em pouca quantidade, preferindo a ingestão de pequenas porções várias vezes ao dia.

Isto irá evitar que o estômago acumule tanto ácido e, desta forma, reduzir o risco de azia na gestação.

Mastigar muito bem os alimentos e não comer imediatamente antes de se deitar será, igualmente, uma boa ajuda no momento de prevenir esta desconfortável sensação de ardor.

Se, fazendo tudo isto, a azia não melhorar, recomendamos vivamente que fale com o seu médico sobre o assunto, uma vez que esta poderá ser causada por algum dos suplementos ou medicamentos que toma.

Neste caso, poderá haver a necessidade de os substituir por outros.

Poderá não ser grave nem ter efeitos permanentes e indesejados no futuro… mas todas sabemos como é desconfortável aquela intensa sensação de ardor.

Não deixe de agir no sentido do seu bem-estar. Lembre-se que uma grávida feliz faz um bebé feliz. Busque sempre o seu conforto e não deixe de consultar o seu médico.

Durante a sua gravidez, experienciou a sensação de azia? E de refluxo? Quais foram as medidas tomadas para amenizar estas sensações? Conte-nos tudo sobre a sua experiência.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo