Hiperatividade: o que é e quais os seus sintomas?

A Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA), usualmente conhecida simplesmente como hiperatividade é uma situação comum emcrianças e que pode gerar algumas dificuldades na gestão do quotidiano.

Venha compreender melhor o que é a hiperatividade e quais os seus sintomas com o Bebé a Bordo.

Muitas pessoas associam, de forma bastante imediata, algumas atitudes infantis a uma má educação. Ainda assim, em muitos casos, esta situação é gerada pelo PHDA.

Ainda que uma educação emocional e o mindfulness na educação dos filhos possa oferecer resultados positivos, ou que a educação japonesa possa ser orientadora para conseguir que os seus filhos sejam respeitadores e obedientes, existe a necessidade de se considerar a possibilidade de a criança que apresenta irrequietude, imaturidade e falta de educação ter, na verdade, uma perturbação neurocomportamental .

Muitos pais lidam, no seu dia-a-dia, com crianças hiperativas, ainda que nem sempre seja simples estabelecer a distinção entre a indisciplina e a hiperatividade. Esta segunda, quando identificada, pode ajudar a criar uma estrutura mental e emocional mais adaptada, tanto para os pais como para a criança.

Venha perceber o que é a hiperatividade e quais são os seus sintomas. 

Hiperatividade: o que é e quais os seus sintomas?

O que é a hiperatividade?

A perturbação usualmente conhecida como hiperatividade trata-se, na verdade, de Perturbação de Hiperatividade e Défice de Atenção (PHDA).

O PHDA trata-se de uma perturbação neurocomportamental que se manifesta através de sinais como a impulsividade, a agitação permanente e a desatenção.

Ainda que muitas pessoas acreditem que esta é uma condição exclusiva da infância, a verdade é que se trata de uma perturbação que acompanha o indivíduo ao longo da vida, existindo somente uma manifestação distinta consoante o contexto e a fase da vida em que o hiperativo se encontra. (1)

A identificação do problema poderá ser distinta, portanto, consoante a idade do indivíduo, existindo manifestações próprias da primeira infância, da infância avançada, da adolescência e da vida adulta.

Hiperatividade: o que é e quais os seus sintomas?

As causas da hiperatividade

Não se conhecem a 100% as causas do PHDA mas sabe-se, segundo resultados de variadas pesquisas que, na maioria dos casos, existe uma influência genética aliada a fatores ambientais. (2)

Alguns estudos também ligam esta perturbação a problemas na hora do parto e a uma má alimentação, que não forneça os nutrientes fundamentais. 

Hiperatividade nas crianças: será que o seu filho é hiperativo?

Como identificar a hiperatividade?

Existem vários sinais que indicam que o seu filho pode sofrer de PHDA. Entre os principais destacamos os seguintes: (3)

– Mau desempenho escolar;
– Problemas de concentração;
– Agitação impossível de controlar;
– Tendência para tagarelar;
– Dificuldade na compreensão e execução de instruções e ordens;
– Stress e ansiedade;
– Impulsividade.

Convive com uma criança com hiperatividade? Quais foram os sintomas a alertá-lo para esta situação? Partilhe a sua experiência com os restantes leitores do Bebé a Bordo.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo