A grávida pode comer tomate, quais os benefícios?

Grávida pode comer tomate, a alteração da rotina alimentar faz parte da realidade da gestante. À medida que as mudanças começam a tomar conta do seu corpo e da sua vida, é natural que estas sejam acompanhadas de inúmeras questões, nomeadamente no que diz respeito à alimentação.

Saiba se a grávida pode comer tomate.

Na jornada da gestação, as futuras mamãs dão por si a questionar diversos aspetos do quotidiano: planos de exercício físico, rotinas alimentares e até questões relacionadas com a sexualidade são postas em causa, à medida que a grávida tenta compreender qual a forma mais saudável de viver a gestação e garantir que o seu bebé cresce bem e saudável.

No que diz respeito à rotina alimentar, um dos alimentos que a gestante costuma pôr em causa é o tomate: será saudável comer tomates crus na gestação? Haverá algum benefício ou problema associado ao consumo deste fruto? Pode a grávida comer tomate?

As questões são muitas e as respostas tornam-se fundamentais para que estas futuras mamãs possam viver a sua gravidez com tranquilidade, sabendo que estão a fazer as melhores escolhas alimentares.

Então, para ajudarmos, hoje iremos olhar para o tomate e tentar compreender a sua composição, os seus benefícios e os cuidados que deve ter no seu consumo.

Acompanhe-nos para saber se a grávida pode comer tomate.

1. Tomate: um aliado da gestante

O tomate é um alimento muito rico. Além de o seu perfil de sabor ser percebido de formas distintas por cada pessoa, a sua flexibilidade culinária faz com que possa ser usado de diferentes formas e em pratos diversos.

Das saladas frias aos cozinhados mais elaborados, passando pelo ketchup e pelos sumos, este fruto ácido pode apresentar formas tão distintas e de sabores tão diversos que se trata, de facto, de um ingrediente impossível de ignorar.

Além disso, os seus valores nutricionais e a riqueza dos seus componentes faz do tomate uma fruta privilegiada e que irá, certamente, ser sua aliada durante o período gestacional.

Para que tenha noção, um tomate de tamanho médio irá fornecer cerca de 15 calorias.

Sem gorduras saturadas na sua composição, este dará aproximadamente 3 gramas de hidratos de carbono, 1 grama de fibras, 1 grama de proteína e 7 miligramas de cálcio.

Da sua composição faz também parte a vitamina A, a vitamina C  o ferro.

Ricos em licopeno, os tomates são um excelente antioxidante. Há estudos que comprovam que o licopeno é uma substância anticancerígena. 

2. Grávida pode comer tomate: os benefícios

Existem vários benefícios associados ao consumo de tomates durante a gravidez. Além de ajudarem a nutrir a futura mamã, a forte presença de ferro e de vitamina A irá ajudar a mamã a manter-se saudável e contribuir para o correto desenvolvimento do feto.

O tomate irá ajudar a prevenir e tratar situações como a anemia e hipertensão, dará energia e sensação de bem-estar à mamã e contribuirá para a saúde oftalmológica do feto.

A presença de vitamina C neste fruto irá ajudar, também, a gestante a vários níveis.

Primeiramente, contribuirá para reduzir o risco de constipações e/ou gripes; apoiará a fixação do cálcio no organismo, ajudando a formar dentes e ossos saudáveis no bebé.

Além disto, sendo uma fonte de ácido fólico, o tomate ajudará também na formação neuronal da criança.

Grávida pode comer tomate

3. Riscos do consumo de tomate na gravidez

Ainda assim, no momento de comer tomate, existem alguns fatores a considerar. Existem, de facto, alguns riscos no consumo de tomate, que podem levar a consequências indesejadas para a futura mamã.

Sendo uma fruta bastante ácida, o consumo excessivo de tomate na gravidez pode provocar azia, problemas digestivos, dores de estômago e também flatulência.

Além disso, no caso de consumir este fruto cru, numa salada, é muito importante que garanta que o lava bem antes de comer.

Apesar dos problemas enunciados, no entanto, é importante salientar que o tomate é um alimento importante e que deve ser integrado na dieta da gestante.

Garanta apenas que a sua ingestão não é em demasia para poder aproveitar os benefícios deste fruto sem correr quaisquer riscos.

Comeu tomate durante a sua gestação? Na sua opinião, a grávida pode comer tomate? Não deixe de nos contar tudo sobre a sua experiência pessoal.

Poderá ter interesse também em:

–  10 Mariscos permitidos e proibidos para a grávida. Quais come?

–  Anestesia epidural dói?

Algumas fontes: momjunction  pn-mag  livestrong  tomatoesbenefits  medanss

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo