in

5 frutos vermelhos nutritivos e antioxidantes na gravidez, sabe quais são?

frutos vermelhos na gravidez

Frutos vermelhos na gravidez, será um alimento saudável?

Está no mercado ou no supermercado e leva consigo a sua lista de compras. Tudo foi pensado com cuidado, uma vez que está grávida e não quer ingerir nenhum alimento “proibido”.

A sua prioridade é a sua saúde e a do seu bebé. Nós sabemos bem como é! Nesta tarefa, passa pelas frutas e, confesse, há algo nos frutos vermelhos que simplesmente apela aos sentidos.

Tem a ver com a cor forte e o aroma doce, com o aspeto delicioso e a forma como apetece levar a mão a cada um deles para roubar um bago e provar a doçura imanente e apelativa de cada peça de fruta.

Poderá ter dúvidas.

Alguns mitos foram propagados e permanecem no imaginário das futuras mamãs, como verdadeiras âncoras de medo e superstição. Não saberá, por isso mesmo, se pode ou não comer aqueles frutos tão apetecíveis.

Damos-lhe uma resposta simples: pode levá-los consigo. Os frutos vermelhos são saborosos e bonitos.

Mas isso não é tudo o que eles são. No geral, são boas fontes de energia, de vitaminas, de nutrientes… são aliados fundamentais da sua dieta gestacional.

Neste artigo, iremos desmistificar a origem do medo que rodeia este grupo alimentar e apresentar-lhe o top cinco dos melhores frutos vermelhos a ingerir durante a gestação.

1. Frutos vermelhos na gravidez: medos e mitos

O medo é este: alguns alimentos podem transmitir às gestantes que não sejam imunes, a temível toxoplasmose. Isto acontece, por norma, com a carne, quando é comida crua ou mal cozinhada.

A má fama desta transmissão passou, no entanto, para outros alimentos. O mel, os frutos secos e também os frutos vermelhos foram acusados de poder, também, contribuir para este problema de saúde.

A verdade é que, apesar da ideia perpetuada, que permanece nos lábios dos nossos antepassados e que cria em nós uma sensação de “pânico alimentar”, os frutos vermelhos são bastante inofensivos.

Deverá, claro, lavá-los com cuidado, como faz com toda a fruta. Mas isto não se deve à presença do toxoplasma: é apenas uma forma de prevenção, para garantir que elimina impurezas, sujidade e eventuais químicos agrícolas.

2. Benefícios dos frutos vermelhos na gravidez

A própria cor destes frutos – que oscila entre o vermelho vivo e o negro – está ligada à presença da antocianina e à sua vitamina B1.

Esta é, pois, para começar, a grande responsável pela transformação dos nutrientes ingeridos na energia que lhe permite estar viva e de boa saúde.

Os agentes antioxidantes destes frutos têm uma ação muito forte na purificação do seu organismo e na eliminação de toxinas.

Além disso, a presença da vitamina C, de vitaminas do complexo B, de minerais e de potássio reforçam o seu sistema imunitário e promovem o correto funcionamento de órgãos tão variados e importantes como a pele, o sistema digestivo, os rins e os nervos.

Aliados no combate à prisão de ventre e às hemorróidas, estes frutos têm uma quantidade generosa de fibras.

Levando-a a sentir saciedade sem a ingestão excessiva de calorias, estes frutos permitem que sinta que está a comer um “doce” sem encher o organismo de açúcares refinados, reduzindo o desejo por alimentos ricos em gorduras e açúcares.

Está ainda provado que estes frutos ajudam na redução do colesterol e diminuem o risco de hipertensão.

Durante a gravidez será ainda um aliado para evitar um aumento excessivo de peso e será uma forma mais barata e eficaz de conseguir libertar-se da ansiedade.

Assim sendo, frutos vermelhos e gravidez são aliados fortes e, a menos que tenha alguma alergia específica dentro deste grupo alimentar, terá todas as vantagens na ingestão destes frutos.

3. Os 5 melhores frutos vermelhos na gravidez

Morango

3.1. Morangos

Falar de morangos é falar de fibras, de vitamina C e de ácido fólico. Desta forma, o morango é responsável por fazer melhorar o sistema imunitário da gestante, pela regulação do seu sistema digestivo e pela absorção de nutrientes como o cálcio.

Alimento apetecível e doce, este substituirá na perfeição outros alimentos menos saudáveis, fazendo-a sentir um conforto e saciedade fantásticos.

Sendo delicioso, muito saudável e pouco calórico, entra, assim, no nosso top 5 dos melhores aliados gestacionais entre os frutos vermelhos.

mirtilo

3.2. Mirtilos

O mirtilo é ma fonte de vitamina C e K, tendo ainda muitas fibras vegetais.

Este fruto irá ajudar na formação dos ossos do bebé e fazer maravilhas no controlo do peso da gestante.

Com uma forte ação antioxidante, este irá reforçar o sistema imunológico, protegendo a mulher grávida de infeções e agressões externas. Será, ainda, um fixador de ferro no organismo da gestante.

Pode ser comido simples, numa salada de frutas ou com o seu iogurte. Uma forma deliciosa de reduzir a ansiedade, regular o sistema digestivo e garantir que se mantém com uma saúde perfeita.

cerejas fruta

3.3. Cerejas

É um dos melhores frutos vermelhos… e não só pelo sabor magnífico!

Da sua composição fazem parte várias vitaminas e minerais, e também o cálcio, o ferro, o potássio e o magnésio.

É um alimento muito completo que ajudará a mulher a regular o sistema digestivo, a hipertensão, o peso e o funcionamento dos intestinos. Será ainda um aliado no reforço do sistema imunitário da futura mamã.
Este fruto será perfeito para quando sentir que já lhe custa adormecer. Isto porque, na cereja, está presente a melatonina, uma hormona que a deixará mais calma e propensa a experienciar uma boa noite de sono.

framboesas

3.4. Framboesas

Falar de framboesa é falar de uma fonte de vitamina A, C e E, de ácido fólico, magnésio, ferro, ácidos gordos poli-insaturados, iodo, magnésio, potássio e muitos outros elementos fundamentais para o desenvolvimento do bebé.

Este fruto vermelho age, ainda, como um analgésico e ajuda a prevenir doenças do foro digestivo e cardiovascular.

Atua na prevenção da anemia e da diabetes gestacional, ao mesmo tempo que reforça o sistema imunitário para evitar que fique doente devido às agressões quotidianas.

Além do fruto em si, a folha de framboesa é também uma aliada gestacional. Do seu chá farão parte as vitaminas A, B, C e E, o ferro, fósforo e potássio.

Principalmente no inicio da gestação, estas irão ajudar a fortalecer e tonificar o útero, agindo na prevenção dos abortos espontâneos.

Proporciona, ainda, uma sensação de tranquilidade e bem-estar.

fruta acerola

3.5. Acerola

Rica em vitamina C e antioxidantes, este fruto junta-se aos anteriores no reforço do sistema imunológico da gestante.

Tem ainda um papel na fixação do cálcio no organismo, promovendo o desenvolvimento dos ossos do bebé.

É um alimento pouco comum nas mesas portuguesas mas que tem um grande potencial nutritivo, permitindo uma sensação de saciedade e conforto.

Comeu algum destes frutos durante a sua gravidez? Qual? Conte-nos como foi essa experiência.

Poderá ter interesse também em:

Vantagens de comer romã na gravidez

Clique em uma estrela para avaliar.

Average rating 0 / 5. Votos: 0

ARTIGOS REMOMENDADOS

Escrito por Bebé a Bordo

Saiba mais sobre maternidade, gravidez, bebé e desenvolvimento infantil, com os nossos artigos. Traga o bebé a bordo e veja o que preparamos para si!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

oração da tentante

Oração da tentante

Omega 3

Ómega 3 na gravidez, porque é importante?