Caminhada na gravidez, posso fazer?

A gestação é uma fase única na vida de qualquer mulher. Assim sendo, como é natural, acende o desejo de fazer o máximo possível para garantir que vive cada dia com o maior conforto, saúde e bem-estar.

Claro que, durante a gravidez, nem sempre é fácil encontrar atividades que permitam à futura mamã alcançar tudo isto, ao mesmo tempo que se exercitam e sem pôr em risco o desenvolvimento ou a segurança do feto.

Hoje lançamo-nos, por isso mesmo, na procura deste tipo de atividade, vincando o olhar sobre um dos melhores exercícios que as grávidas podem fazer: a caminhada.

Repleta de benefícios, esta atividade será uma forma fantástica de se manter em forma, apostando numa vida saudável e ativa.

Se quiser saber tudo sobre a melhor forma de se envolver neste tipo de exercício, acompanhe-nos ao longo desta caminhada na gravidez.

1. Combater o sedentarismo

É verdade que nem todos os exercícios se adaptarão à sua nova condição.

Alguns poderão ser, inclusivamente, bastante perigosos, devido a eventuais impactos ou movimentos.

Ainda assim, isto não é desculpa para ceder ao sedentarismo.

Atividades como a hidroginástica ou o yoga para gestantes são boas opções nesta fase da sua vida.

Da mesma forma, a caminhada na gravidez pode (e vai, certamente) ter um impacto muito positivo no seu quotidiano.

Embora a tendência para não fazer qualquer tipo de esforço tenha sido socialmente promovida, alastrando-se historicamente através de frases tão simples como “não podes fazer esforços porque estás grávida”, a verdade é que, nos dias de hoje, se sabe que a falta de atividade pode ser bastante nociva, levando a situações indesejadas, como o aumento excessivo de peso.

2. Vantagens da caminhada na gravidez

As caminhadas são uma forma leve e saudável de iniciar a sua rotina de exercício físico durante a gestação.

Tratando-se de um exercício que pode realizar ao longo de toda a gravidez, a caminhada apresenta diversas vantagens.

Além de a obrigar a movimentar-se, sem exercer demasiada pressão na zona das articulações, este exercício fortalecerá os músculos dos membros inferiores, ajudará a tonificar o abdómen e contribuirá para melhorar a posição da coluna e a sua postura.

Assim, ao longo da gestação, este é um exercício que ajudará a futura mamã a sustentar o peso do bebé.

Além disto, o movimento da caminhada na gravidez faz com que também a região do quadril seja exercitada, o que poderá ajudar a posicionar o bebé para o nascimento.

Este exercício associa-se, ainda, a uma melhor recuperação no pós-parto e a um ganho de peso mais moderado e saudável.

É ainda fundamental considerar o papel da caminhada na gravidez na melhoria do estado de espírito da gestante, bem como o facto de ser uma atividade que pode fazer em qualquer local (e por que não ir até um trilho ou à avenida junto ao mar?!) e que se realiza de forma gratuita.

3. Caminhada na gravidez em cada trimestre

O primeiro trimestre de gravidez é, como sabemos, o que exige maior cuidado.

Fale com o médico antes de se aventurar nas caminhadas e evite fazer este tipo de exercício em dias mais quentes ou com maior humidade.

Não será conveniente que se sinta mal com o calor.

Use, nesta fase, roupas confortáveis e frescas e ténis que não a magoem.

No segundo trimestre, deverá ter atenção à postura.

Provavelmente já começará a sentir algumas dores nas costas.

Manter a cabeça erguida e balançar levemente os braços para o equilíbrio será uma boa ajuda!

O terceiro trimestre será a fase ideal para caminhar, até porque isso poderá ajudar a posicionar o bebé para o parto.

Nesta fase, no entanto, não deve fazer trilhos demasiado longos nem aventurar-se por trilhos irregulares.

Mais perto do término da gestação, não faça as suas caminhadas sozinha.

Se, durante a caminhada na gravidez sentir que algo não está bem, deve imediatamente consultar o seu médico.

Alguns sintomas, como tonturas, náuseas, falta de ar, inchaço nas regiões periféricas do corpo ou mal-estar podem ser indicadores de que está a fazer um treino demasiado intenso.

Realizou caminhadas na gravidez? Quais foram os principais benefícios que encontrou nessa experiência?

Partilhe a sua história connosco.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo