Bebé com sarna, quais os sintomas e tratamentos da escabiose

O bebé com sarna é uma das preocupações da atualidade. Como tal, mães e pais querem estar preparados para identificar e tratar esta doença. Já conhece os sintomas e tratamentos da escabiose? Então, está na hora de conhecer os principais sinais que está perante um bebé com sarna, com o Bebé a Bordo.

As doenças, em geral, preocupam os pais e, como tal, é muito comum que as medidas de prevenção façam parte do quotidiano familiar. Em causa, está a luta contra diversas situações indesejáveis (mas nem sempre evitáveis) que comprometam a saúde e o bem-estar dos bebés.

Situações como o aparecimento de verrugas ou de sapinhos na boca do bebé, bem como a manifestação de espasmos, da papeira ou de escarlatina levam sempre a que estes pais procurem toda a informação, para garantir a convalescença rápida do seu filho.

Em alguns momentos, como o atual, quando a própria comunicação social divulga surtos de determinadas doenças, esta preocupação adensa. A sarna é uma doença que se tem manifestado em surtos, tanto em Portugal como no Brasil. Exemplos disso são os casos da escola básica da Lourinhã e da creche de Campinas.

Assim, na atualidade, a sarna é, sem dúvida, uma preocupação muito presente. Mas sabe o que fazer perante um bebé com sarna? Sabe quais os sintomas e tratamentos da escabiose? Então, encontrou o artigo certo para descobrir mais sobre a sarna no bebé.

1- O que é a sarna? Bebé com sarna

A sarna, também conhecida como escabiose, trata-se de uma doença cutânea. Esta é uma doença transmissível e contagiosa, causada por um ácaro.

Esta doença pode afetar qualquer pessoa, independentemente da sua faixa etária e do seu sexo. Ainda assim, o seu desenvolvimento é mais comum em bebés e crianças.

O bebé com sarna é, na verdade, bastante comum. A escabiose apresenta-se, pois, a par com as infeções bacterianas e a micose, como uma das três doenças cutâneas mais comuns na infância. No bebé com sarna, as manifestações mais comuns acontecem na palma das mãos, na cabeça e no pescoço.

Contrariamente ao que muitas vezes se ouve, a doença não está diretamente relacionada com falta de higiene e não é a mesma que ataca os animais, sendo que estes não passarão, por isso, a doença aos humanos.
Esta doença tem uma maior propensão para se propagar nos meses frios, sendo esta a temperatura ideal para os parasitas que a provocam.

O que causa a escabiose?

O ácaro Sarcoptes Scabiei é a principal causa da sarna. Hospedeiro humano, este aloja-se na camada subcutânea e reproduz-se, sendo que, após a eclosão, as larvas chegarão à superfície da pele e espalhar-se-ão pelo corpo. Neste processo, dá-se o aparecimento de lesões cutâneas, provocadas pelas suas fezes.

É comum que exista uma reação alérgica, motivada pela presença do ácaro e do processo motivado por este, que se manifesta de formas diversas, incluindo comichão e erupções na pele.

Como se transmite a escabiose?

Para que a transmissão da sarna aconteça, usualmente é necessário o contacto físico. O toque com uma pessoa que tenha sido infetada com este parasita ou mesmo o contacto indireto com objetos (como roupas, toalhas de banho ou lençóis) pode ser responsável por este contágio.

Este contágio tende a ser mais comum entre crianças justamente porque estas têm maior tendência a estabelecer contacto físico umas com as outras e com os adultos.

Vale a pena salientar que a transmissão pode ser feita, tanto durante o período de incubação do parasita (quando ainda não se manifestaram sintomas) como depois de o diagnóstico ter já sido estabelecido.

2. Quais são os sintomas da escabiose?

O bebé com sarna vai apresentar diversos sintomas de escabiose, sendo que os principais são:

– Aparecimento de lesões cutâneas na cabeça, rosto, pescoço, mãos e pés;
– Irritabilidade;
– Dificuldade em dormir;
– Comichão intensa no corpo;
– Falta de apetite.

Algumas crianças demonstram ainda um aumento da sua temperatura corporal e o aparecimento de pequenos nódulos na pele. A perda de peso é também comum.

3. Quais são os tratamentos da escabiose?

Perante os sintomas de bebé com sarna, é muito importante que leve o seu filho ao médico para que o diagnóstico posa ser feito.

Uma vez confirmado, o tratamento da escabiose é feito com recurso a loções e cremes prescritos pelo pediatra, de acordo com a gravidade da doença. Os cremes deverão ser aplicados com luvas. Este tratamento terá de ser aplicado a todos os membros da família.

A par com isto, será necessário lavar todas as roupas de casa a temperaturas elevadas e desinfetar objetos potencialmente infetados.

Como posso prevenir o bebé com sarna?

Para prevenir um quadro de escabiose seria necessário evitar o contacto físico com qualquer pessoa ou objeto infetado.

Ainda assim, é possível prevenir o reaparecimento do problema, sendo que a eliminação do parasita deve ser feita mediante a higienização de objetos que possam estar infetados e de todas as roupas de corpo ou casa, mediante lavagem ou aspiração.

Já conhecia os sintomas e tratamentos da escabiose? Alguma vez precisou de tratar um bebé com sarna? Conte a sua experiência pessoal às restantes mamãs do Bebé a Bordo.

Algumas fontes: babycentre nhs minutosaudavel saudecuf kidshealth

ARTIGOS REMOMENDADOS
ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo