in

O arroto do bebé, porque é importante?

arroto do bebé

Arroto do bebé

As mamãs – principalmente as mamãs de primeira viagem, costumam ter muitas questões no que diz respeito ao momento da amamentação do seu filho.

Entre as questões mais comuns, saber as melhores posições para amamentar; como podem amamentar sem dor ou se é melhor promover a mamada antes ou depois do banhinho do bebé.

Além destas questões, no entanto, surgem outras que estão, de alguma forma, ligadas a estas. Uma das mais frequentes diz respeito ao arroto do bebé.

Pôr o bebé a arrotar depois das mamadas é algo que as mamãs costumam fazer, ainda que não conheçam bem as razões para o fazer.

Ainda assim, as dúvidas parecem surgir, fazendo estas mulheres questionar se esta ação é obrigatória e quais os perigos de não o fazer.

Hoje, debruçamo-nos sobre esta questão para descobrir as razões pelas quais acontece o arroto do bebé, as formas como este pode ser incentivado e as problemáticas que se relacionam com esta temática.

1. O arroto do bebé: porquê?

Na idade adulta, o arroto é visto como algo negativo e até socialmente desadequado. Ainda assim, nos bebés, este ato é perfeitamente natural, sendo permitido e devendo, inclusivamente, ser incentivado pela mamã.

O arroto do bebé é o momento em que se dá a evacuação do ar “ingerido” (ou inalado, se preferir) durante a mamada.

Por norma, independentemente de o bebé mamar no seio da mãe ou no biberão, uma quantidade de ar acaba por ser ingerido.

Ainda assim, por norma, são as crianças que recorrem ao biberão que engolem mais ar.

Isto acontece uma vez que é mais difícil para o bebé ter controlo sobre o fluir do leite no biberão, o que faz com que, na tentativa de acompanhar o maior fluxo de leite, possa engolir mais ar durante a mamada.

Quando mama no peito da mãe, nem sempre acontece o bebé ter a necessidade de arrotar, uma vez que, se tiver pegado bem o seio da mãe e não tiver ingerido ar na mamada, poderá não ter ar no seu estômago.

2. A preocupação com o arroto

O arroto do bebé – ou eructação – é uma preocupação que vai além das mamãs e é explorada por várias entidades clínicas e até por marcas de produção de fórmulas de leite.

Nomes tão conceituados como a clínica CUF ou a marca NESTLÈ dedicam alguns artigos a esta temática, referindo a importância do arroto para ajudar o bebé a libertar o ar que tem no seu organismo.

O arroto – principalmente depois das refeições – poderá, como referem estas fontes, evitar as cólicas e dorzinhas de barriga que tanto incomodam os mais pequenos.

3. Ajudar o bebé a arrotar

Nem todas as mamãs conseguem facilmente pôr o seu bebé a arrotar.

Como tudo na vida é algo que se torna mais simples com a prática e à medida que a mamã vai ganhando confiança e perdendo o medo de magoar o bebé ao incentivar o arroto.

Existem conselhos diversos para a ajudar a promover o arroto do bebé.

O primeiro será para que tenha alguma paciência. O arroto do bebé demora, por vezes alguns minutos a acontecer.

Além disto, será boa ideia ter por perto uma toalha, para o caso de o bebé bolçar.

Embora se fale no “arroto do bebé”, deve considerar que, por vezes, este não será apenas um.

Por norma o bebé arrota até que o ar tenha sido expelido.

Este arroto do bebé poderá também ser promovido durante a mamada.

4. Sugestões para pôr o bebé a arrotar

Para pôr o bebé a arrotar poderá usar técnicas diversas.

A mais comum será colocar o bebé virado para si, colocando uma toalha sobre o ombro e deixando que o tronco do bebé fique rente a si e a cabeça apoiada no seu ombro.

Com o bebé nesta posição, poderá massajar as costinhas do bebé ou dar palmadinhas ligeiras na zona superior das suas costas.

Outras mamãs preferem ter o bebé sentado no colo, com a cabecinha devidamente apoiada, para tentar fazer com que ele arrote.

Este método é também bastante utilizado e pode ser acompanhado, igualmente, das pequenas massagens e palmadinhas nas costas.

O método que vai utilizar deve ser o mais confortável para si, não havendo um melhor do que o outro.

Ainda assim, alguns especialistas defendem que, quando sentado, o bebé poderá ter mais facilidade em atingir o arroto, já que existe uma maior pressão sobre o abdómen.

Em ambos os casos, não se assuste caso o bebé bolce um pouco de leite no momento de arrotar: é perfeitamente natural que tal aconteça.

5. Arrotar: será obrigatório?

Um dos medos da mamã é não conseguir promover o arroto do bebé. No que diz respeito a esta situação, a nossa sugestão é para que não se preocupe.

Embora seja recomendado, o arroto do bebé não é obrigatório até porque, como referimos, nem sempre o bebé engole (muito) ar durante a mamada.

Não haverá problema algum caso o bebé não arrote. Fique apenas atenta.

Se, deitando o bebé para dormir, notar que este está desconfortável ou com dificuldades para adormecer, poderá pegar-lhe, numa posição vertical, e tentar novamente que este expulse o ar ingerido no momento da mamada.

O seu bebé costuma arrotar? Qual é a melhor posição para promover o seu arroto? Não deixe de nos contar como vive esta situação.

Fontes referidas:
nestle bebé
saúde cuf

Clique em uma estrela para avaliar.

Average rating 0 / 5. Votos: 0

ARTIGOS REMOMENDADOS

Escrito por Ana Rita Mendes

Ana Rita Mendes nasceu em 1992 e é natural de Proença-a-Nova, Portugal. Terminou, em 2014, a sua licenciatura em Enfermagem pela Escola Superior de Saúde de Portalegre. Trabalha atualmente como enfermeira no Hospital Curry Cabral e na NephroCare. Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

GIPHY App Key not set. Please check settings

Amamentar, antes ou depois do banho

Amamentação, antes ou depois do banho?

pai muda a fralda

O pai também muda a fralda, dicas para os papás