5 formas de ajudar a criança a combater os medos

O medo é algo comum nas crianças e evitá-lo não é a melhor forma de ajudar a criança a combate-lo. Uma ação positiva por parte dos pais pode fazer a diferença. Conheça 5 formas de ajudar a criança a combater os seus medos com o Bebé a Bordo.

Os pais sabem que, em alguns momentos, é difícil lidar com os medos das crianças, sendo que, para algumas, estes atingem proporções tão relevantes, que impedem a criança de dormir, causando terrores noturnos e pesadelos recorrentes.

Ainda que os pais busquem as melhores formas de parentalidade positiva e apliquem todas as técnicas para adormecer o bebé, uma parte importante da educação e do desenvolvimento emocional da criança irá exigir que se dirija diretamente ao problema e que ajude a criança a combater os seus medos.

Não existe nenhum guia prático que explique quais as formas de lidar com os medos infantis, já que cada criança é uma criança e os seus medos se manifestam de formas distintas. Ainda assim, a psicologia tem-se debruçado sobre os medo mais comuns das crianças. (1)

Vários métodos foram criados para tentar ajudar os pais a minorar os medos da criança e a melhorar a sua relação com as suas fobias. (2)

Ainda que não existam formas lineares de o fazer, deixamos as nossas sugestões de como pode ajudar a acautelar os medos dos seus filhos, promovendo o seu combate e ajudando a criança na gestão emocional perante os temores.

1. Seja paciente

No processo de ajudar a criança a combater os seus temores é muito importante que tenha paciência.
Faça do processo de enfrentar o medo algo gradual, evitando forçar o processo ou insistir para que a criança se liberte das fobias. Respeite o tempo da criança e avance com ela, passo a passo.

2. Não desvalorize

Muitas vezes, os adultos não compreendem os medos das crianças e, por isso, riem dos seus temores.
O riso face aos medos expressos pelas crianças podem reduzir a sua confiança e agravar o problema.

3. Explique com dados racionais

A melhor forma de libertar uma criança do medo manifestado é provar-lhe que não existe perigo e, para isso, o melhor é dar explicações racionais e comprovadas que demonstrem que o medo da criança é infundado.

4. Foque a superação

Escolha livros com narrativas onde o herói infantil também tenha medos e os supere. Isto ajudará a criança a focar-se na superação do medo e irá motivá-la a enfrentar aquilo que a assusta.

5. Conte histórias divertidas

Os monstros mais temíveis podem ser transformados em histórias que promovam o riso. Se usar os medos da criança desta forma, poderá ajudar a criar emoções positivas onde, anteriormente, imperavam os temores.

Quais são as suas estratégias para ajudar o seu filho a combater os medos? Tem alguma história sobre este assunto? Partilhe-a connosco, no Bebé a Bordo.

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo