Ácido fólico na gravidez faz engordar?

As questões relacionadas com a forma física são uma constante na vida de muitas mulheres e, para muitas, mesmo durante a gestação, estas permanecem no centro dos seus cuidados e atenções. Assim, é natural que muitas mamãs se questionem sobre se o ácido fólico na gravidez faz engordar.

Sabe a resposta? Venha saber com o Bebé a Bordo.

Quando falamos em gravidez, o ácido fólico é, sem dúvida, uma das vitaminas mais importantes.

Vital para o desenvolvimento do bebé, nomeadamente a nível neuronal, este costuma ser recomendado à gestante, aconselhando-se às gestantes que mantenham uma alimentação que integre alimentos ricos em ácido fólico e sendo, mesmo assim, muitas vezes receitados suplementos desta vitamina.

Sem contraindicações e com muitas vantagens, o ácido fólico é uma mais-valia desde o período das tentativas de engravidar e durante toda a gravidez, ajudando a prevenir malformações no feto e complicações para a mamã como, por exemplo, a anemia gestacional.

Embora a sua toma seja, como já vimos, muito importante na gravidez, existe, entre as futuras mamãs, a ideia de que a toma de ácido fólico pode contribuir para o aumento de peso.

É, assim, frequente que as mamãs coloquem a questão: Será que o ácido fólico na gravidez faz engordar?

É a esta questão que responderemos hoje! Siga com o Bebé a Bordo para descobrir se o ácido fólico na gravidez faz engordar.

ácido fólico na gravidez

1. Conhecendo o ácido fólico

Esta vitamina já é bem conhecida pelas futuras mamãs mas, pela sua importância, nunca é demais destacar as suas caraterísticas.


Também conhecido como vitamina B9, o ácido fólico trata-se de uma vitamina solúvel em água e, como tal, é uma das vitaminas que ajuda a transformar os alimentos em energia.

O ácido fólico, em particular, ajuda na quebra e na criação das proteínas, contribuindo para a formação dos tecidos e das células sanguíneas.

Quando tomado na gravidez – e principalmente se esta toma se iniciar alguns meses antes de engravidar – o ácido fólico irá contribuir para evitar situações de malformação fetal e ajudar a desenvolver o sistema neuronal do bebé.

Esta vitamina está naturalmente presente em vários alimentos, existindo ainda suplementos alimentares da mesma.

Ácido fólico na gravidez faz engordar

2. Ácido fólico na gravidez faz engordar?

Antes de respondermos a esta questão, importa compreender a sua razão de existir.

Vários estudos têm relacionado o ácido fólico com o aumento do apetite em crianças; com o maior crescimento fetal e também com a melhoria da saúde de adolescentes com baixo IMC.

Esta ligação entre o ácido fólico, o crescimento e o aumento do apetite faz com que muitas mamãs temam que a toma desta vitamina as leve ao aumento de peso, gerando assim a questão à qual nos dirigimos: será que o ácido fólico na gravidez faz engordar?

Não existem provas científicas de que o ácido fólico na gestação engorde.

Na verdade, os especialistas insistem que a sua toma isolada não leva ao aumento de peso, tendo, no entanto, efeitos positivos inegáveis no que respeita à prevenção de defeitos no tubo neuronal do feto e no tratamento da anemia gestacional.


Estes especialistas consideram ainda que o mito criado em torno da ideia de que o ácido fólico na gravidez fez engordar pode ser perigoso, fazendo com que algumas mamãs, erradamente, optem por evitar as suas fontes naturais ou suplementares.

3. Outras considerações

A toma de ácido fólico deve seguir sempre as doses recomendadas, para se evitarem as consequências da carência desta vitamina ou do excesso de ácido fólico na gravidez.

Fale com o seu obstetra sobre esta questão e avalie, com ele, a necessidade de integrar um suplemento de ácido fólico na sua rotina alimentar.

Algumas fontes: brasil.babycenter  medicoresponde  mundoboaforma  natue

ARTIGOS REMOMENDADOS

DEIXA UM COMENTÁRIO