A mala de maternidade

Empacotando os sonhos, a mala de maternidade.

A gestação avança. Dá passos largos. Quando der por si, está na hora: o bebé vai nascer!

Não tarda a tê-lo nos seus braços, para aproveitar todas as alegrias da maternidade.

É o sonho que se planta e cresce, até se tornar real e concreto no primeiro choro do seu filho.

Este é um momento que chega a correr.

E é por isso que deve fazer a sua preparação para o parto com todo o cuidado, garantindo que tem tudo pronto para levar para a maternidade assim que a hora chegar.

A preparação da mala de maternidade é algo em que deve começar a pensar a partir das 30 semanas e que, de forma alguma, deve adiar além das 37.

Com o bebé já completamente formado, o momento do parto está eminente.

Claro! Há casos em que o parto não acontece até às 42 semanas… mas pense assim: mais vale ter a mala de maternidade pronta à porta durante mais algum tempo do que ver chegar a hora sem ter preparado tudo o que é preciso levar quando o milagre acontece.

Embora o ato de fazer a mala de maternidade possa parecer a coisa mais simples do mundo, a verdade é que, quando começar a pensar em todas as coisas das quais efetivamente vai necessitar, notará que nem todas são tão intuitivas como pode parecer numa primeira instância.

É por isso que muitas mamãs procuram informação nos próprios hospitais e maternidades, para garantirem que não se esquecem de levar consigo todos os elementos essenciais.

Neste artigo procuraremos ajudá-la a montar a sua pequena mala de maternidade, para garantir que não enche a malinha com uma amálgama desnecessária de tralha e que, simultaneamente, não esquece nada do que verdadeiramente precisa.

Venha connosco preparar-se para empacotar os sonhos.

 

A preparação da mala de maternidade

1. Preparar a viagem

Por esta altura já sabe.

O período de espera na estação da gravidez está quase a chegar ao fim.

Está prestes a começar a viagem mais emocionante da sua vida: a maternidade.

Por esta hora poderá já saber se vai ter um parto natural ou cesariana e decidido, em conjunto, se o pai deve assistir ao parto.

As decisões mais importantes estão alinhavadas.

É hora de preparar a bagagem!

mala de maternidade barral

Alguns hospitais e maternidades vão fornecer-lhe uma lista pré-feita com os essenciais do que deve colocar na sua mala.

Alguns, irão fornecer artigos necessários para a mamã e o bebé.

Saber o que terá à sua disposição e o que precisa de levar é muito importante para que sinta todo o conforto durante o período de estadia na maternidade.

Claro! Se algo ficar de fora, não deve preocupar-se em demasia! Por certo, o papá não se irá importar de dar um pulinho a casa para ir buscar o que falhou.

Em todo o caso, para evitar esquecimentos, o mais seguro será, a partir da semana 30 da sua gestação, começar a preparar uma lista com todas as coisas de que irá necessitar.

A mala de maternidade não terá, obrigatoriamente de conter apenas os elementos padrão mas é importante que a faça de forma a ser prática e fácil de utilizar, evitando enchê-la com inutilidades.

mala de maternidade barral

2. A mala de maternidade aos olhos da mãe

A mamã será, claro, um dos pontos chave da malinha de maternidade.

A mamã terá de se focar em três momentos: o pós-parto, a estadia no hospital e o dia da alta.

A futura mãe deverá levar consigo vários elementos, atendendo a alguns pormenores.

Começando pela roupa da grávida, veremos que são vários os elementos necessários.

Na malinha terão de constar três camisas de dormir.

Estas deverão ser bastante frescas, sendo o ambiente hospitalar climatizado, tendo, de preferência, uma abertura à frente para facilitar o aleitamento.

Recomenda-se que se leve camisas de dormir em vez de pijamas, uma vez que isto facilitará o trabalho do médico no momento de a observar.

Além disto, a mulher deve ainda levar um roupão ou robe e um par de chinelos, para poder andar de forma mais confortável pelo hospital e para usar na hora das visitas.

O que levar para a maternidade

Roupa interior será, também, parte da mala de maternidade.

Aqui, a mulher deve ter o cuidado de levar sutiãs de amamentação e cuecas (que, nesta fase, embora tal não seja obrigatório, poderão ser descartáveis).

Lembre-se ainda de levar uma roupa especial para usar no dia em que tiver alta.

Será a primeira vez que leva o seu filho a conhecer o mundo: escolha algo que seja confortável e largo, para se adaptar à forma do seu corpo mas, ao mesmo tempo, escolha algo de que verdadeiramente goste!

Produtos de higiene terão, também, de constar da mala da futura mamã.

Leve pensos higiénicos, batom de cieiro (acredite que irá precisar dele!), creme hidratante, os essenciais do cabelo (champô, condicionador, gel de banho), escova de cabelo e de dentes, pasta dentífrica e, se assim o desejar, produtos de maquilhagem.

Além destes elementos, a mala de maternidade deverá ainda conter o boletim de saúde, um saco para a roupa suja, os documentos pessoais e, eventualmente, um leque.

mala de maternidade para a futura mamã

3. A mala de maternidade aos olhos do recém-nascido

O bebé terá também as suas necessidades e é importante que a sua malinha esteja recheada!

No que respeita às roupinhas, é recomendável que a mamã leve duas mudas diárias de roupa.

Pode colocar, se quiser, também gorros, touquinas e botinhas de lã.

Além disto, será bastante útil que coloque na mala do bebé uma mantinha e algumas fraldas de pano, que poderá usar para o aconchegar, cobrir ou limpar.

Entre os produtos de higiene, a mamã deverá recordar-se de levar fraldas, toalhitas e, eventualmnete uma tesourinha própria para cortar as unhas do bebé, caso este nasça com elas demasiado grandes.

Algumas mamãs optam por levar, logo de início, uma chupeta para o seu bebé e alguns babetes.

Mala de maternidade para o bebé

4. A mala de maternidade aos olhos do pai

Pois é! Este é um sonho fabricado e vivido a dois.

Então, faz todo o sentido que o desfecho do mesmo também seja vivido em par.

O papá poderá preparar uma mala com água e algumas comidas rápidas. Isto irá ajudá-lo a aguentar o stress na altura do parto, sem sentirem fraqueza.

O papá deverá, também, ser o portador de uma máquina fotográfica, para poder registar cada momento.

Em alguns casos, principalmente quando o bebé nasce em clínicas privadas, o papá poderá permanecer durante a noite.

Neste caso, a sua mala deve conter produtos de higiene e roupa.

A mala de maternidade do pai

Embora estes sejam os essenciais, algumas mamãs e papás optam por levarem, também, outros elementos.

Não tenha medo de levar livros ou revistas, o seu mp4 ou outra coisa que a ajude a passar o tempo.

Quais foram os elementos na sua mala de maternidade?

Esqueceu alguma coisa que tivesse tido utilidade?

Não deixe de partilhar a sua experiência com as futuras mamãs.

mala de maternidade barral

 

inforgrafia a mala de maternidade

ARTIGOS REMOMENDADOS

Comente este artigo